Tempo de leitura: < 1 minuto

Se ainda tiver unhas para roer, o prefeito Capitão Azevedo deve devorar os últimos pedaços nessa terça-feira (25), enquanto aguarda o julgamento do TRE para ter deferido – ou não – seu registro de candidatura.

Segundo o assessor do órgão, jornalista Felisberto Bulcão, informou há pouco ao Diário Bahia, o processo referente ao “Caso Azevedo” será o 34º a ser apreciado pelos seis juízes presentes. “Pela ordem, é isso, mas outros processos podem ser encarados como prioridade e passar na frente”, ressalvou ele, acrescentando que a expectativa era de uma “sessão longa”.

Confira mais no Diário Bahia

9 respostas

  1. Gerson Rodrigues, diz: – Na Batida dos Atabaques

    “Eles não creem em bruxas…”

    Segundo fontes “confiáveis,” desde ontem à noite os atabaques de um certo terreiro de candomblé aqui de Itabuna não pararam de soar. Logo no início dos “trabalhos” o “capitão” esteve presente para “tomar o banho abre caminhos.” A mesma fonte assegura (por ser frequentadora do referido terreiro), que teve início o “sacrifício,” que deve durar por 24 horas – por ter visto desembarcar nada menos que seis bodes pretos.

  2. .valeu a decisao do tre.azevedofez de itabuna um canteiro de obras.é homem simples, humano e trabalhador.nao existiu macunnnnnmba e sim oraçoes .o povo gosta dele, e isso é fato.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *