Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Trombone

O Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Ibicuí, da responsabilidade de Cláudio Dourado, devido a diversas irregularidades comprovadas durante o exercício financeiro de 2011.

O conselheiro Fernando Vita, relator do processo, atento as múltiplas impropriedades cometidas pelo gestor, solicitou a formulação de representação ao Ministério Público, além de aplicar multas de R$ 39.600,00, referente a 30% dos seus vencimentos anuais, por não ter reduzido o montante da despesa total com pessoal, e de R$ 10 mil pelas demais impropriedades.

A relatoria determinou ainda a devolução aos cofres municipais da quantia de R$ 322.054,74, atinente à saída irregular de numerários da conta do Fundeb, pagamento de multas e juros por atraso no cumprimento de obrigações e ausência de comprovação de despesas.

O balanço orçamentário municipal apresentou uma receita na ordem de R$ 21.514.627,04, realizando uma despesa no total de R$ 21.812.860,80, configurando assim um déficit orçamentário de execução de R$ 298.233,76.

3 respostas

  1. Fernando Vita, secretário de Fernando e Azevedo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

  2. E ESTA CORRETO O TCM-BA, O QUE RESTA O TCM APURAR [E PORQUE CERTAS CONTAS NA NOSSA REGIÁO NÁO E REJEITADA.O QUE ESTA ACONTECENDO COM A INSPETORIA DE ITABUNA JABA………

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.