Tempo de leitura: < 1 minuto

Arena Fonte Nova tem 95% das obras concluídas e deverá ser entregue em 31 de março (Foto Divulgação).
Arena Fonte Nova tem 95% das obras concluídas e deverá ser entregue em 31 de março (Foto Divulgação).

O consórcio responsável pela construção da Arena Fonte Nova, em Salvador, atingiu, hoje, 95% das obras físicas do estádio que receberá jogos da Copa das Confederações neste ano e da Copa 2014. Hoje, os técnicos colocaram a última lâmina da cobertura do estádio. O ato simbólico teve a presença do governador Jaques Wagner.
A previsão é de que o estádio esteja totalmente pronto no próximo dia 28, segundo o diretor de engenharia da Arena Fonte Nova, José Luís Góes. Nesta data, devem começar os testes no estádio. Ele adianta que a arena será entregue com capacidade completa de operação.
Pelo cronograma, o estádio será entregue à Fifa no dia 31 de março.

0 resposta

  1. Pobre Brasil tantas mazelas para serem pelo menos amenizadas aí vem o governo e inventa a Copa. Não quero estádio, não quero obras super faturadas e sem muita utilidade o que eu quero é saúde, segurança e uma educação menos miserável e com 80 bilhões daria para fazer muita coisa que realmente a população precisa. Quando você vai a Salvador é visível perceber quão grande é o abismo social presente naquela cidade, violência, prostituição, pobreza e afins tudo isso aos olhos da Nova Fonte Nova aí eu me pergunto para quem vai servir um estádio de quase 1 bilhão? Muitos vão falar “vai existir um legado pós copa”. Na minha primata opinião o legado que vai ficar chama-se desvio de verba e muita corrupção…Enfim odeio aquela propaganda da Brahma (Imagina na Copa) que pinta um Brasil lindo e ainda critica quem é contra o envento, mas esse estupro aos cofres públicos só está acontecendo graças a nossa cultural passividade.

  2. Inaugurado o estádio Otávio Magabeira,28 de janeiro de 1951.Sendo
    o governador da Bahia,o próprio.1947-1951. O arquiteto e urbanista,o Dr.Diógenes Rebouças,responsável por esta então obra
    de arte. Não obstante,os soteropolitano batizou carinhosamente como a fonte nova,devido ali existira uma pedreira que cujo deleite dos baianos degustavam uma deliciosa água potável.
    Há mais de meio século,temos uma nova obra de arte,adequado as modernidades que a sociedade requer,a cobertura do espaço fora essencial devido o período chuvoso que desenvolvera durante os jogos,que é estação de chuva na Bahia.
    Espero que nesta reinauguração deste espaço,não deixe de lembrar dos precursores,como o Dr.Otávio Mangabeira,Dr.Diógenes
    Rebouças e, como também os nossos,o que representa a maior riqueza e tesouro que são os anônimo torcedores,a exemplos destes, que cuja vida perdeu torcendo

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *