Tempo de leitura: < 1 minuto

Beth diz que se sente honrada com a expulsão
Beth diz que se sente honrada com a expulsão

Acusada de infidelidade partidária, a ex-diretora do IMA (antigo Instituto de Meio Ambiente da Bahia, hoje Inema), Beth Wagner, foi expulsa do Partido Verde. Mas saiu atirando.
Segundo nota do site Bahia Notícias, Beth diz estar honrada, pois não pretende se tornar uma “neo-carlista”. A referência é ao apoio da legenda ao atual prefeito de Salvador, ACM Neto.
A ex-verde, que pode ir para a Rede Sustentabilidade, partido em gestação pela ex-senadora Marina Silva, também criticou o posicionamento dos antigos correligionários com relação ao novo Código Florestal e disse que o PV se tornou um “partido de aluguel”. Segundo ela, por esse motivo a agremiação tem perdido quadros importantes. Desse grupo, ela citou o deputado federal Alfredo Sirkis, do Rio de Janeiro.
Para Beth Wagner, o PV não está em extinção, mas enfrenta uma crise de identidade que acomete outras legendas.

0 resposta

  1. Ela deveria ir para o PT aliado de Renan, Collor e Sarney. Estes esquerdistas querem possar de éticos, mas na hora de governar metem a mão no dinheiro publico e adoram uma boquinha.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.