Tempo de leitura: < 1 minuto

Porto de Ilhéus é prejudicado pela Codeba, na avaliação de blog (Foto Jonildo Glória).
Porto de Ilhéus é prejudicado pela Codeba, na avaliação de blog (Foto Jonildo Glória).

O Blog do Thame faz uma séria denúncia, hoje, em relação à Companhia das Docas da Bahia (Codeba), acusada de provocar sérios prejuízos ao Porto do Malhado, em Ilhéus, em benefício de um porto privado, o Terminal Privativo de Cotegipe, na Baía de Aratu. O foco é a soja produzida no Oeste baiano, antes exportada por Ilhéus.
O blog cita que um milhão de toneladas de soja foram exportadas pelo Porto do Malhado em 2005, volume que caiu para 250 mil toneladas em 2012. Na outra ponta, o Terminal de Cotegipe exportou, ano passado, 3 milhões de toneladas.
A quantidade exportada por Ilhéus é quase que migalha na comparação com o volume no porto privado e somente ocorreu, enfatiza o blog do jornalista Daniel Thame, devido à separação entre a soja tradicional e a soja transgênica, exigência dos mercados dos EUA, Europa e Ásia, e ao surgimento da exportação de milho.

3 respostas

  1. O plano para sucateamento do Porto do Malhado, tem dado resultados positivos, o que é um desastre para o Municipio.
    A principal finalidade é fazer com que todas as cargas sejam embarcadas por Salvador, preferencialmente pelo Terminal Privado.
    É a máfia politica em ação. Ainda tem gente que acredita em outros motivos.

  2. Isso que d´s omunicípio não ter representabilidade.Cacá onde está a defesa de Ilheus pelo duputadinho que vc apoiou um tal de granpinho, e voce Jabes, com seus apadrinhados que levaram os votos do municipio com Carleto e Negromonte.
    Toma municipio de eleitores cegos e manipulados.
    Ficaremos sem o Porto.

  3. O Blog do Thame analisou os custos de transporte e armazenagem entre os portos de Ilhéus e o de Cotegipe? Se não analisou e olhou somente para o número de toneladas embarcadas a análise é pífia!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.