Tempo de leitura: < 1 minuto

Manifestantes atearam fogo em barricada para impedir passagem.
Manifestantes bloquearam BR-415.

Assessores da Prefeitura de Itabuna desconfiam que a manifestação de ontem, na Rua de Palha (Maria Matos), embora legítima, tenha sido puxada, novamente, por gente ligada ao ex-prefeito Capitão Azevedo, a fim de desgastar o governo.
Será? Bom, algumas evidências de coisa tramada, na opinião destes assessores: o local onde hoje funciona a unidade de saúde é mais adequado que o anterior e a comunidade não ficou desassistida. O número de médicos é o mesmo, por exemplo.
Agora, o posto está em uma área do Parque de Exposições Antônio Setenta, no bairro. O município já está fechando uma área para a construção da unidade de saúde definitiva.
A estrutura anterior foi interditada pelo município porque a unidade tinha infiltrações e parte do teto desabou. “A manifestação ocorreu sem que houvesse negociação”. O governo também promete uma “guaribada” nas (poucas) ruas.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.