Tempo de leitura: < 1 minuto
Veleiro foi apreendido em Maraú, no sábado (Foto PF).
Veleiro foi apreendido em Maraú, no sábado (Foto PF).

Policiais federais em Ilhéus apreenderam veleiro Astresail, marca Lagoon, 44 pés, avaliado em R$ 1,35 milhão. A embarcação de origem francesa teria sido objeto de fraude, segundo a PF.

O veleiro estava atracado em Ilha Bela/SP quando, em outubro de 2014, foi fiscalizado pela Receita Federal, que decidiu reter e lacrar a embarcação.

Os proprietários do veleiro violaram a lacração da Receita Federal e, sem autorização, retiraram a embarcação daquela localidade, razão pela qual a Polícia Federal passou a investigar o seu paradeiro.

Os policiais federais de Ilhéus obtiveram a informação de que o veleiro estava em Maraú. No último sábado (31), os policiais localizaram o veleiro na Ilha de Sapinhos, na península.

A embarcação tinha sido descaracterizada com a mudança de seu nome para dificultar a ação policial. O nome Astresail foi apagado e substituído pelo nome Lupie, sendo, inclusive, falsificada a documentação do veleiro com esta nova denominação.

O Astresail encontra-se agora no Yacht Club de Ilhéus e será entregue à Receita Federal do Brasil.

A legislação federal proíbe a importação de veículos e embarcações usadas. Por isso, os proprietários do veleiro responderão a inquérito policial por contrabando e inutilização de edital ou de sinal. A pena pode chegar a 6 anos de prisão.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.