Tempo de leitura: 2 minutos
João Vitor foi preso duas vezes em dois meses por assalto a banco.
João Vitor é procurado pela polícia.

Preso em abril desse ano, quando se preparava para arrombar um caixa eletrônico, em Lauro de Freitas, o assaltante Thiago Carneiro de Carvalho, de 30 anos, foi ‘caiu’ de novo, na terça-feira (23), em Feira de Santana. Thiago foi preso durante ação conjunta das polícias Civil e Militar. A polícia apreendeu com ele dois fuzis 556, uma pistola 9 mm, carregador e munições de diversos calibres.

O criminoso planejava assaltar uma agência bancária, no interior da Bahia, com mais três comparsas. Na ação, um dos assaltantes, identificado como Jorge Antônio Martins da Silva Júnior, resistiu à prisão, foi baleado e morreu.

Outro integrante da quadrilha, identificado por João Vitor Lima Júnior, já teve a prisão solicitada à Justiça e está sendo procurado. O terceiro assaltante ainda não foi identificado.

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Polícia Civil, da Força-Tarefa da Polícia Militar, do Grupamento Aéreo (Graer/PM), do Batalhão de Operações Especiais (Bope/PM) e da Polícia Federal, participaram da ação.

Segundo o delegado Maurício Moradillo, do Draco, a integração das forças de segurança pública é de suma importância no combate à criminalidade. “Buscamos localizar o quarto integrante da quadrilha, que é um dos responsáveis pelo armamento do bando”, salientou Moradillo.

Autuado por posse de arma de uso restrito, formação de quadrilha, uso de documento falso e resistência, Tiago, que também cometeu outros crimes contra instituições financeiras em Feira de Santana e também no estado de Santa Catarina, já está no sistema prisional.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.