Tempo de leitura: 2 minutos
Estudo aponta que brasileiro está mais consciente na hora de consumir (Foto Shutterstock).
Estudo aponta que brasileiro está mais consciente na hora de consumir (Foto Shutterstock).

O brasileiro está mais consciente na hora de consumir, revela estudo divulgado hoje (15), no Rio de Janeiro. A pesquisa revela que 85% dos brasileiros entendem que o progresso não está em consumir mais, mas em consumir melhor (a média mundial é de 78%), enquanto 75% acreditam que um consumo exagerado pode impor riscos ao planeta e à sociedade, também superando a média mundial, que é de 70%.

O estudo é do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (Cebds) e a agência global Havas. De acordo com a publicação Estilo de vida sustentável no contexto brasileiro, a percepção é que o Brasil está mais avançado em relação ao mundo, de acordo com a gerente de Projetos e Conteúdo do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (Cebds), Ana Carolina Szklo, entidade que realizou a pesquisa em conjunto com a agência global Havas

Esses avanços não significam, porém, que o brasileiro dê mais valor à questão da sustentabilidade na hora de consumir. “Não, de forma alguma”, comenta Ana Carolina. Há algumas inconsistências nisso, diz ela.  Por exemplo, 45% da população dizem que é usual comprar itens e produtos de que não precisam e depois se arrependerem.

O estudo aponta também alguns critérios colocados na tomada de decisão do consumidor. O primeiro ponto, que desperta mais preocupação no brasileiro, é a segurança, com 71%. Consumo excessivo surge no final da relação, com 43%. A questão da sustentabilidade, ligada à energia, concentra 44% da preocupação das pessoas. Já a questão da mudança climática e destruição ambiental obtém percentual maior, de 57%.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.