Tempo de leitura: 2 minutos

Pronatec empreendedorQuem é aluno de curso de Educação Profissional tem uma boa oportunidade para se destacar no cenário nacional de empreendedorismo. No dia 20 de julho serão abertas as inscrições para o 3º Prêmio Pronatec Empreendedor, que busca reconhecer as melhores iniciativas empreendedoras em instituições de educação profissional participantes do programa.

As inscrições estarão abertas a estudantes matriculados no período entre 2014 e 2015 em qualquer curso de Educação Profissional – cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou cursos técnicos – que utilizem Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Podem participar do prêmio equipes formadas por no mínimo quatro e, no máximo, oito integrantes, com idade igual ou superior a 14 anos.

O prêmio vai reconhecer os melhores relatos de iniciativas empreendedoras que tenham sido estimuladas por meio de aulas com temáticas sobre empreendedorismo. Os interessados podem se inscrever até o dia 16 de agosto. A divulgação dos finalistas será no dia 4 de setembro. Já a cerimônia de premiação está prevista para 22 de outubro, no Sebrae Nacional, em Brasília.

Professores dos cursos de Educação Profissional que utilizem o Pronatec também podem se inscrever, no mesmo período, para o 3º Concurso de Objetos de Aprendizagem. Serão avaliadas as melhores ferramentas criadas pelos professores para desenvolver, em sala de aula, conteúdos de empreendedorismo – como jogos, vídeos e simulações.

Cada integrante da equipe vencedora do Prêmio Pronatec Empreendedor e o primeiro lugar do Concurso de Objetos de Aprendizagem vão ganhar umtablet e uma viagem nacional a um centro referência em empreendedorismo. Os segundo e terceiro lugares de cada competição ganham um tablet.

O Sebrae vai compartilhar os Objetos de Aprendizagem dos professores finalistas no repositório do Banco Internacional de Objetos Educacionais, bem como na página do Pronatec Empreendedor. “Queremos contribuir para a disseminação de competências empreendedoras e de ferramentas de ensino que possam ser adotadas em todo o país”, afirma a gerente de Capacitação Empresarial do Sebrae Nacional, Mirela Malvestiti.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.