Tempo de leitura: < 1 minuto
Incêndios na Chapada Diamantina avançam sobre 30 mil hectares (Foto ICMBio).
Incêndios na Chapada Diamantina avançaram sobre 30 mil hectares (Foto ICMBio).

O Ministério Público Federal (MPF) em Irecê/BA requisitou instauração de Inquérito Policial para apurar se os incêndios ocorridos no Parque Nacional da Chapada Diamantina foram resultado da atuação humana, o que pode representar crime ambiental. Os ofícios foram expedidos à Polícia Federal ontem (26).

Durante investigação que buscou apurar as providências adotadas pelos órgãos competentes para combater o fogo, o MPF encontrou indícios de que o incêndio pode ter sido provocado pelo homem. De acordo com os esclarecimentos encaminhados pela Superintendência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na Bahia e pela Secretaria do Meio Ambiente no Estado da Bahia (Sema), há sinais de que as queimas, que já atingiram uma área de aproximadamente 30 mil hectares, possam estar ocorrendo de forma intencional.

Para o procurador da República Márcio Albuquerque de Castro, “é revoltante descobrir que um dos fatores que propiciaram tal devastação ambiental corresponde, justamente, à atuação criminosa do ser humano.” Castro requisitou a visita de equipe da Polícia Federal até o Parque, o mais rápido possível, para apuração dos fatos.

Uma resposta

  1. Precisa de reflexão; a devastação,campos e bosque são livres assim como as nuvens vagando no espaço sideral e neste universo cujo espaço terra,pense nas cabeças de quasse 7 bilhões de pessoas. Entretanto,paramos nos 2OO4 milhões de pessoas,cuja população do Brasil,segundo último censo de 2O15.

    Percebe se que é uma vigem,o que precisa pelo menos entender e tentar amenizar tal situação desta grande aventura,até o presente nenhum ser humano atentara pra esta epopeia.

    O universo teve início,o ser humano teve início com seus primeiros passos,é isso a chave do imbróglios e que darei um exemplo em nosso quintal.

    A qui em Itabuna o Hospital de internar malucos foi fechado,o São Judas Tadeu,na
    década de 😯 tinha um Sanatório próximo ao Banco da Vitória e era extremamente
    bem atendido os doentes mentais e muitos se recuperavam.

    Hoje são inexistentes estas casas de saúde aqui em Itabuna e região e não existe
    nenhuma conscientização nos meios de comunicação de massas em termos de uma grande aventura conscientização coletiva de um iminente risco contra a humanidade sobre tocar fogo nos campos,praças,jardins,capoeira e as matas.

    Entretanto,há conscientização nos veículos de comunicação de massas,pelo qual,o Brasil do mais médicos,o Brasil da Pátria educadora,a Bahia vai fazer muito mais e e por ai vai o blá,blá,blá de embuste.

    Tal embuste vem dando certo,os infelizes estão ganhando votos,aqui que é a chave
    de abrir imbróglio e resolver a celeuma. Reabrir os Hospitais e recuperar a saúde dos malucos e intensificar uma propaganda nos veículos de comunicação de massas conscientizando os doidos de não tocar fogo na vegetação.

    Alias,aqui em Taboca é o que bem têm de doidos zanzando pelas ruas,imaginem por
    este mundão de pecadores,vamos pensar e refletir nesta grande aventura.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.