Tempo de leitura: < 1 minuto
Sindicalistas durante início da greve no hospital geral, hoje (Foto Divulgação).
Sindicalistas durante início da greve no hospital geral, hoje (Foto Divulgação).

Os funcionários do Hospital Geral Luiz Viana Filho, de Ilhéus, iniciaram greve nesta quarta (30) por causa do atraso no salário de fevereiro dos contratados por meio da Fundação José Silveira.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) deverá ser acionado para intermediar acordo entre Fundação José Silveira, Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) e funcionários do hospital.

A greve por tempo indeterminado visa forçar a fundação a cumprir os prazos legais de pagamento de salário e, ainda, a convenção coletiva do sindicato.

Os funcionários prometem somente retornar ao serviço quando o salário for depositado nas respectivas contas, segundo João Evangelista, do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi).

Durante a greve, funcionários vão se revezar para garantir que, pelo menos, 30% estejam em serviço. O site não conseguiu contato com a Fundação José Silveira.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.