Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui : diálogo pela Ceplac (Foto Mateus Pereira).
Rui : diálogo pela Ceplac (Foto Mateus Pereira).
O governador Rui Costa disse hoje que vai trabalhar para reverter a decisão do Ministério da Agricultura, que transformou a Ceplac (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira) em departamento, o que pode significar perda de autonomia do órgão e a redução nas ações de pesquisa e extensão rural.

De acordo com o governador, “cabe sim uma discussão do novo perfil da Ceplac”, com uma estrutura mais moderna e mais ágil, que traga maior retorno para a Bahia. “Esse formato adotado não foi discutido com o Estado da Bahia e nós não concordamos com ele. Conversamos hoje com o ministro Jaques Wagner e vamos conversar com a ministra (da Agricultura) Kátia Abreu, porque nós precisamos definir o melhor formato da Ceplac, sem imposições e através do diálogo”, disse Rui.

Rui acrescentou, ainda, a necessidade de o estado ser ouvido nestas discussões. “A Bahia como maior produtora de cacau precisa ser ouvida sobre o fortalecimento de uma instituição que contribuiu e ainda pode contribuir para o fortalecimento da cadeia produtiva do cacau”.

7 respostas

  1. Com certeza ele vai reverter,so precisa de tempo,primeiro ele vai acabar a barragem em Tabocas(uma obra carissima e complexa,foi desenhada na NASA),depois a ponte de ilheus/pontal,depois a duplicacao Tabocas/Ilheus e finalmente o aeroporto no fundo da Dceplac.Ufa,so um governador trabalhador como ele que Reinalgura rodovia FEDERAL recapiada como se fosse obra do estado,pode reverter a situacao.

  2. Se o governador não faz é criticado, já se está fazendo é achincalhado…
    O que é mesmo que querem esses pseudograpiúnas – a maioria até nascidos fora do sul da Bahia?
    Chega de babaquice explícita, gente, deixa o homem trabalhar!!!

  3. Os reclamantes acima são as velhas viúvas da cacauicultura. Acostumados às esbornias que eram financiadas com o “cacau futuro”, cacau na flor. De seus apartamentos em Paris, em Salvador e no Rio de Janeiro, querem “mandar” nas fazendas através do Zapzap. Não dava antes e agora não dar mais. Governador continue firme, estamos juntos, e esses ex-burgueses, atuais recalcados, ressentidos e saudosos do carlismo precisam ser extintos da nossa região cacaueira.

  4. Acordou tarde Ruim Encosta…
    Agora que a ministra ja desceu a caneta que vc vai reclamar?
    Faz tempo que isso vem sendo discutido pelos ptralhas…
    O Geraldo (o filho se refere assim) ta mudo!!!!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *