Tempo de leitura: < 1 minuto
Dilma consegue apoio do PDT (Foto Wilson Dias/Agência Brasil).
Dilma consegue apoio do PDT (Foto Wilson Dias/Agência Brasil).

Enquanto o governo perdeu o apoio do PMDB, PP e PRB que anunciaram que vão votar a favor do impeachment da presidenta Dilma Roussef no próximo domingo (17) na Câmara, hoje (13), alguns antigos aliados decidiram reforçar o apoio ao Palácio do Planalto. O PDT, mesmo com parlamentares críticos a algumas conduções do Executivo, principalmente na área econômica, avisou que se mantém na base e fechou questão para votar contra o impedimento da presidenta.

A decisão foi tomada numa reunião na casa do líder na Câmara, deputado Weverton Rocha (MA), com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o ministro André Figueiredo, das Comunicações, que terminou à 1h30 da madrugada. “A reunião foi longa. É característica do partido ter discussões. O partido tem muitas criticas desde o início do governo”, disse Weverton.

Mesmo com as divergências, os 19 dos 20 deputados que integram a bancada confirmaram que vão seguir a orientação nacional. “O partido decidiu que lutará contra o impeachment porque a solução do problema não será apenas tirando Dilma de seu mandato. A bancada reitera que ficará do lado da democracia e não apoiaremos este golpe”, completou. Da Agência Brasil.

3 respostas

  1. Os partidos estão vendo e reconhecendo a verdade, isso deixa nós cidadãos brasileiros até mais confiantes nestes partidos e candidatos que estão agindo com a verdade. Dentre vários crimes e erros cometidos pela então presidente estão os mais graves que são:
    Uma atuação “fortemente inusual” e serviu para “tumultuar” as investigações.
    Além de ter operado em várias frentes para tentar prejudicar as investigações contra Lula. “A nomeação e a posse do ex-presidente foram mais uma dessas iniciativas praticadas com a intenção, sem prejuízo de outras potencialmente legítimas, de afetar a competência do juízo de primeiro grau e tumultuar o andamento das investigações criminais no caso Lava-Jato”.
    Então diante destas aberrações para querer amordaçar a justiça e cobrir todos os erros, que os partidos sérios honestos e também os candidatos que tenham ética e probidade votarão contra todos estes desmandos.

  2. FABRÍCIO,
    meu amigo,vc vive em que país? “partidos sérios e honestos”?
    “candidatos com ética e probidade”? acorda Fabricio para a realidade do nosso país!

  3. O DEPUTADO QUE SEGUIR O EDUARDO CUNHA E CONTRAS OS TRABALHADORES E POVO POBRE DO NOSSO PAIS; PORQUER E UM CANALHA NAO TEM CARATER ALGUNS PARA PUNIR NIGUEM NOS ESTAMO DE OLHO NOS DEPUTADOS QUE VOTA CONTRA DILMA P/ NOS DA A RESPOSTA NAS URNA.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.