Tempo de leitura: < 1 minuto
Cesta do Povo fecha mais de 50 lojas e demite funcionários (Foto Reprodução).
Cesta do Povo fecha mais de 50 lojas e demite funcionários (Foto Reprodução).

Após ser adiado em janeiro, a expectativa era de que o leilão da Cesta do Povo ocorresse em março. Furou, aumentando ainda mais a aflição dos funcionários que ficaram. Até agora, algo como 300 já foram demitidos. Cinquenta lojas da rede fecharam as portas.

Ontem, matéria d´A Tarde revelou que a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), controladora das lojas da Cesta do Povo, encerrou 2015 com rombo superior a R$ 150 milhões. Resultado ruim aos olhos do mercado. O governo pretende enxugar (ainda mais) a empresa para torná-la atrativa. Por enxugar, leia-se mais demissões e mais fechamento de lojas.

Uma resposta

  1. Mais uma categoria de trabalhadores sem empregos em plena crise. Confiar em políticos é pior do que acreditar em conto de fadas. Torcendo para que tudo de certo a estes trabalhadores e suas famílias.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.