Tempo de leitura: 2 minutos

UFSB promove semana de combate à LGBTIfobia (Foto Gabriel Oliveira).
UFSB promove semana de combate à LGBTIfobia (Foto Gabriel Oliveira).
Nos dias 15,16 e 17 de maio será realizada, no campus Jorge Amado, a primeira Semana de Combate à LGBTIfobia. Segundo os organizadores, a semana terá exposição, debates, diálogos, intervenção e conscientização sobre a violência que os LGBTI sofrem todos os dias. O evento é aberto a toda comunidade e oferece certificação de participação.

A programação começa na segunda-feira (15) com a performance Sangrando, realizada pelos alunos Giulia Caroline e Pedro Lisboa, na entrada do pavilhão de aulas, às 18h. Na terça-feira (16), a programação começa às 17h, no auditório da reitoria, com a Cultural Colorida, com a estudante Yasmine Bandeira e microfone livre para quem quiser cantar, recitar, falar ou desabafar. Mais tarde, às 18h, ainda no auditório da reitoria, acontece uma roda de conversa com o tema “LGBTIfobia no microcosmo da universidade”, com a presença de alunos militantes LGBTI da UFSB e UESC.

Já na quarta (17), será comemorado o dia internacional de combate a LGBTfobia. Nesse dia, marcado por lutas e conquistas históricas, será realizado um cine-debate com a exibição do filme Bichas (2016), no auditório da reitoria, a partir das 18h, e contará com a presença de professores, estudantes e convidados.

Durante os dias 08 a 16, haverá um armário na entrada do pavilhão de aulas, onde as pessoas poderão colocar seus relatos LGBTIs e suas interseccionalidade. A Semana de Combate a LGBTIfobia é uma iniciativa dos estudantes LGBTIs da UFSB com apoio do docente Rafael Guimarães e do setor cultural da PROSIS.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.