Tempo de leitura: 2 minutos
Unidades de saúde em Itabuna vão receber insulina.
Unidades de saúde em Itabuna vão receber insulina|| Foto Waldir Gomes

A Justiça Federal determinou que o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) garantam que moradores de Itabuna, Ilhéus e de outros  municípios do interior da Bahia tenham acesso à insulina de ação basal ultrarrápida.

A decisão, que obriga a distribuição da medicação para os pacientes atendidos pelo SUS no interior do estado, foi concedida depois de processo movido pelo Ministério Público Federal na Bahia.  Segundo do MPF, a Sesab informou que já iniciou o processo de descentralização da distribuição da insulina basal de ação ultrarrápida.

O MPF foi informado que até o final deste mês os 28 núcleos regionais e bases operacionais de saúde do SUS na Bahia serão contemplados com a insulina basal. Antes, a distribuição da insulina estava concentrada no Centro de Referência Estadual para Assistência ao Diabetes e Endocrinologia (Cedeba), em Salvador, o que dificultava o acesso da medicação aos moradores do interior ao tratamento.

 CADASTRADOS

Os pacientes cadastrados no interior são oriundos de lista fornecida pelo Cedeba, e foram incorporados a partir dos critérios do Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas do centro. A avaliação de novos pacientes para inclusão no protocolo continua sendo feita pelo Cedeba, a partir de pedidos formalizados pelos núcleos e bases operacionais.

Além de Itabuna e Ilhéus, serão beneficiados com a descentralização da distribuição da insulina os moradores de das regiões de  Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Boquira, Brumado, Caetité, Cícero Dantas, Cruz das Almas, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Guanambi, Ibotirama,  Irecê, Itaberaba,  Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Santa Maria da Vitória, Santo Antônio de Jesus, Seabra,Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

 

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.