Tempo de leitura: < 1 minuto

Aids mata em Ilhéus, Itabuna e Camacan

Itabuna divide com Feira de Santana a segunda posição entre os municípios com maior número de novos casos de pessoas com resultado positivo de Aids neste início de ano. Em cada localidade, foram registradas 18 ocorrências desde o dia 1º de janeiro. Salvador aparece na primeira colocação, com 163 casos da doença confirmados, segundo dados da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), os quais o Pimenta teve acesso.
Se Itabuna é o segundo município baiano em quantidade de pessoas adultas diagnosticadas com Aids nos primeiros dois meses do ano, Ilhéus só perde para Salvador em mortes causadas pela doença. Foram quatro óbitos contra oito registrados na capital desde 1º de janeiro.
No sul da Bahia, foram registradas sete mortes  causadas pela Aids. Além de Ilhéus, a doença provocou mortes em Itabuna (1) e Camacan (2). Neste ano, os testes já detectaram a doença em 28 pessoas nos municípios de Buerarema (1), Camacan (4), Ilhéus (4), Itajuípe (1) e Itabuna (18).
No extremo sul, foram notificados novos casos de Aids em Alcobaça (6), Belmonte (4), Caravelas (2), Eunápolis (4), Itabela (2), Nova Viçosa (3) e Prado (1). No sudoeste, foram confirmadas 11 novas ocorrências, sendo quatro em Jequié, cinco em Ipiaú e duas em Vitória da Conquista.  Em todo o estado já são 329 casos confirmados da doença.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.