Tempo de leitura: < 1 minuto

Makrisi é criticado por não ler salmos bíblicos no plenário da Casa

O vereador Makrisi (PT), secretário geral da Câmara de Vereadores, presidiu a sessão de ontem (27). Ao abrir os trabalhos legislativos, o parlamentar foi questionado pelos vereadores Luiz Carlos Escuta (PP), Tarcísio Paixão e Ivo Evangelista (PRB) sobre o porquê da não fazer a leitura do salmo bíblico na abertura da sessão, quebrando tradição.
Makrisi, que é católico, lembrou aos colegas que o Estado é laico. Também observou que a Câmara foi questionada pelo Fórum Municipal de Promoção à Igualdade Racial de Ilhéus e por representantes dos Povos de Terreiros por causa da leitura dos salmos. O vereador entende que a Constituição deve ser respeitada e que nenhuma das religiões pode sobrepor-se ao Estado democrático de direito.
“Tenho a minha fé, que inclusive tem a Bíblia como símbolo principal, mas não posso impor isto ao outro”, disse o vereador. Makrisi ainda questionou qual seria a reação dos cristãos, caso fossem lidos trechos do alcorão ou cantos de religiões matriz africana durante os trabalhos da Casa. “Certamente causaria muitos questionamentos”, afirmou o parlamentar.

0 resposta

  1. Quanta sensatez. Corretíssimo. Se deixar vai virar uma ” pequena ditadura religiosa “, pois alguns religiosos não conseguem discernir aquilo que diz a Constituição Federal. ” O ESTADO É LAICO “. Senão um membro do Candomblé, Catolicismo, Espiritismo, ……. também poderão fazer seus cultos alí. Inclusive os ATEUS.

  2. Discordo da atitude e postura do edil.
    A Bíblia sagrada é considerada mundialmente como um livro sagrado, e a leitura da mesma nas seções da câmara, como tradicionalmente é feita, não quer dizer que há desrespeito a outras religiões seja ela qual for. Costumamos ver exemplares da mesma em vários locais de trabalhos, a exemplo de escritórios de advocacia, como é o meu caso, embora não seja pertencente a nenhuma igreja, “como é o caso do edil segundo ele”.
    Lemos a Bíblia não só por fé em um Deus invisível e existente, mas, cientificamente é comprovado que ela é literalmente a palavra de Deus (com exceção dos ateus,não sei se é o caso do edil) e a prática da sua leitura comprovadamente,nos traz renovo de vida e refrigério na alma fato que não podemos associar a leitura do alcorão…LAMENTÁVEL sua postura nobre edil.

  3. Lamentável é a postura de muitos cristãos (iguais a você) que quer impor seu livro goela abaixo de todas as pessoas. Vocês deveriam ler a bíblia em suas igrejas, templos, etc. Vamos fazer o seguinte: Vai ser lida, não somente sua bíblia, mas também alcorão, talmude, (livros do) candomblé, umbanda, espiritismo… Talvez a sua postura religiosa não permita que assim seja, não é?

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.