Tempo de leitura: < 1 minuto

Preço do tomate aumenta mais de 100% em Itabuna

Os preços de vários produtos dispararam nos últimos dias nas feiras livres, supermercados, sacolões e mercearias de Itabuna. Os itens que mais subiram de preço foram tomate, cebola, cenoura, pimentões, batata doce, mamão, banana da terra, laranja e alface. Os comerciantes alegam que o reajuste é reflexo da grave dos caminhoneiros, mas, dizem, os preços devem cair nos próximos dias.
O quilo de tomate, vendido de R$ 3,70 a R$ 4,30 na semana passada, foi comercializado por até R$ 8,99 nesta sexta-feira (1º). O quilo da cebola, que há 10 dias custava R$ 4,89, na média, é encontrado por até R$ 9,99 nos estabelecimentos comerciais e feiras livres do município sul-baiano.
Para levar uma dúzia de laranjas para casa, o consumidor precisa desembolsar até R$ 6,99. Antes da greve dos caminhoneiros, com R$ 3,10 era possível comprar mesma quantidade da fruta. O quilo do mamão saltou de R$ 2,60, em média, para quase R$ 6,00. Pelo menos 20 produtos sofreram aumento em Itabuna.
A disparada dos preços dos produtos não gera reclamações apenas de consumidores. Comerciantes se queixam que tiveram de reduzir a margem de lucro porque estão pagando mais caro no atacado. Eles dizem torcer para que os produtos voltem logo aos preços praticados antes da paralisação dos caminhoneiros.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.