Tempo de leitura: < 1 minuto
Leal se apresenta à Justiça após ficar foragido cinco dias

Acusado de esconder os editais das licitações da Câmara de Vereadores de Ilhéus, entre os anos de 2015 a 2018, e com a prisão preventiva decretada pela justiça, o servidor do legislativo Paulo Leal se apresentou à 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus na manhã desta segunda-feira (20).

Paulo Leal participou da audiência de custódia e a justiça manteve sua prisão. Ele foi conduzido ao Departamento de Polícia Técnica para exame de corpo de delito e será encaminhado ao Presídio Ariston Cardoso.

A informação foi confirmada ao Blog do Gusmão pelo promotor Frank Ferrari e pelo delegado de Polícia Civil Evy Paternostro (coordenador da 7ª Coorpin). Dos sete envolvidos no esquema de corrupção com ordem de prisão na Operação Xavier, dois continuam foragidos, dentre eles o ex-presidente da Câmara de Ilhéus Lukas Paiva.

 

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.