Tempo de leitura: 2 minutos
Ciro Gomes com o empresário José Leite e o pedetista Marco Wense || Foto Andreyver Lima

Andreyver Lima

Um grupo de apoiadores do ex-ministro e ex-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, foi ao aeroporto de Ilhéus nesta terça-feira (16), para receber o político e economista, que será palestrante no 45º Encontro Nacional dos Estudantes de Economia, que está sendo realizado na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) desde domingo (14).

No desembarque, ao ser questionado sobre o apoio do prefeiturável Antonio Mangabeira (PDT) ao presidente Bolsonaro e ao ministro Sérgio Moro, Ciro limitou-se a dizer que “não entra em fuxico local” e que o povo é quem deve decidir. “Eu não tenho nenhuma informação do você tá me falando. O que eu posso dizer, em tese e sem me meter na política local, é que o povo tem que saber”, afirmou.

O PDT é oposição ao governo e o apoio explícito do presidente municipal, gerou críticas quanto ao posicionamento da sigla em Itabuna. “Nós achamos o governo Bolsonaro a coisa mais fascista e contra pobre que a história do Brasil já produziu”, disse ele.

Ciro foi recepcionado pelo vereador Enderson Guinho, de Itabuna || Foto Andreyver Lima

Também presente na recepção, o vereador Enderson Guinho (PDT), disse que embora tenha votado em Bolsonaro no 2º turno, hoje avalia o governo como ‘negativo’. “Eu escolhi enquanto pessoa o voto, mas hoje a gente já avalia como negativo totalmente o governo e não tem o meu apoio. Analiso muitas ações contrárias, como também me coloquei contra a reforma da Previdência, dentre outras ações”, disse o vereador de Itabuna.

AUSÊNCIA DE MANGABEIRA

A recepção a Ciro Gomes no aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, chamou a atenção pela falta de Antônio Mangabeira, principal nome do PDT em Itabuna, e dos três vereadores do PDT em Ilhéus, dentre eles César Porto, que é presidente da Câmara.

3 respostas

  1. pois agora eu botei fé em mangabeira… agora sim ganhou meu apoio … esse Ciro é igual melancia: verde por fora mas VERMELHO por dentro

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.