Tempo de leitura: < 1 minuto
Pescadores começam a receber auxílio por causa do desastre

A Caixa Econômica Federal começou a pagar, na segunda-feira (16), o auxílio emergencial para 65.983 pescadores profissionais artesanais de áreas afetadas pela mancha de óleo no litoral brasileiro. No sul da Bahia, na lista de beneficiários estão moradores de Canavieiras, Ilhéus, Maraú e Una.

Os demais pescadores beneficiados no estado são de Alcobaça, Belmonte, Cairu, Camaçari, Camamu, Caravelas, Conde, Entre Rios, Itaparica, Ituberá, Jaguaripe, Jandaíra, Lauro de Freitas, Mucuri, Nilo Peçanha, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Salvador, Valença e Vera Cruz.

O pagamento do auxílio segue o calendário de escalonamento dos benefícios sociais, que define o dia do saque conforme o final do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário. O pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal até o dia 23 deste mês.

O auxílio emergencial corresponde ao valor total de R$ 1.996, que será pago em duas parcelas de R$ 998. Esse benefício não interfere no recebimento do seguro-defeso pelos pescadores conforme legislação específica. A segunda parcela do auxílio emergencial está prevista para janeiro.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.