Ipiaú, no sul da Bahia, tem uma das maiores taxas de incidência da covid-19
Tempo de leitura: 2 minutos

Números divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) apontam 3.523 recuperados do novo coronavírus (Covid-19) na Bahia dentre os 11.941 casos confirmados da doença. Chega a 376 o número de óbitos causados pela doença desde o início da pandemia. Há, conforme a Sesab, 1.309 casos que ainda aguardam validação por parte dos municípios, dos quais 73 em Itabuna, 57 em Ilhéus e 43 em Ipiaú.

O número de pessoas internadas ou monitoradas pelas vigilâncias epidemiológicas municipais e do Estado chega a 8.042, chamados de casos ativos. Dos infectados na Bahia, 1.852 são profissionais de saúde.

A doença começa a avançar no estado e atinge 230 municípios, conforme o boletim de hoje, com maior proporção em Salvador (64,61%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (3.752,62), Itabuna (3.151,63), Ipiaú (2.833,91), Ilhéus (2.575,05) e Salvador (2.395,25).

TAXA DE OCUPAÇÃO

Na Bahia, dos 1.427 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 718 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 50%.

Dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes Covid-19, a ocupação chega a 60,4%. São 571 leitos de UTI, com 345 ocupados.

ÓBITOS

A Sesab contabiliza 376 mortes pelo novo coronavírus. Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 18h desta quinta-feira (21). A Secretaria ressalta que os óbitos não ocorreram nas últimas 24 horas. Veja os últimos históricos abaixo

363º óbito – homem, 52 anos, residente em Dias D’Ávila, sem comorbidades, veio a óbito dia 16, em hospital da rede privada, em Salvador.

364º óbito – homem, 88 anos, residente em Salvador, comorbidades doenças cardiovasculares e imunossupressão, veio a óbito no dia 3, em hospital da rede privada, em Salvador.

365º óbito – homem, 56 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 16, em hospital da rede pública, em Salvador.

366º óbito – homem, 55 anos, residente em Salvador, comorbidade diabetes, faleceu ontem (20), em hospital da rede pública, em Salvador.

367º óbito – mulher, 84 anos, residente em Itatim, comorbidade hipertensão arterial, faleceu dia 14, em hospital da rede pública, em Jequié.

368º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, comorbidade neoplasia maligna, faleceu dia 14, em hospital da rede pública, em Salvador.

369º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e doença cardíaca, veio a óbito dia 17, em hospital da rede pública, em Salvador.

370ª óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, diabetes e obesidade, faleceu na segunda (18), em hospital da rede privada, em Salvador.

371º óbito – mulher, 57 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, veio a óbito dia 14, em hospital da rede pública, em Salvador.

372º óbito – homem, 57 anos, residente em Itanagra, sem comorbidades, faleceu na segunda (18), em hospital da rede pública, em Alagoinhas.

373º óbito – homem, 75 anos, residente em Senhor do Bonfim, comorbidades doenças cardiovasculares e diabetes, faleceu no dia 19, em hospital da rede privada, em Senhor do Bonfim.

374º óbito – Sexo feminino, 2 anos, residente em Barra, comorbidades hipertensão arterial, doença renal crônica, veio a óbito dia 11, em hospital da rede pública, em Salvador.

375º óbito – mulher, 63 anos, residente em Ponto Novo, comorbidades doenças cardiovasculares e diabetes, faleceu na terça (19), em hospital da rede pública, em Salvador.

376º óbito – homem, 34 anos, residente em Valente, comorbidades obesidade e hipertensão arterial, veio a óbito dia 14, em hospital da rede pública, em Salvador.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.