Tempo de leitura: < 1 minuto

Deputado Rosemberg Pinto e os prefeitos Tonho de Anízio (Itacaré), Marcone Amaral (Itajuípe) e Jadson Albano (Coaraci)

Durante os festejos de aniversário de 289 anos de Itacaré, nesta terça (26), o prefeito Antônio de Anízio (Tonho de Anízio) defendeu a criação do sistema Cidades Irmãs. Segundo ele, a ideia é unir municípios sul-baianos “com realidades semelhantes e problemas comuns para buscar soluções e promover o desenvolvimento coletivo”. A largada na proposta foi dada com a união dos municípios de Itacaré, Coaraci e Itajuípe.

A proposta de Tonho de Anízio foi elogiada por Jadson Albano, prefeito de Coaraci. Ele considera importante a união e falou do quanto os municípios regionais podem se fortalecer e desenvolver a partir da busca de soluções coletivas. Jadson Albano ainda destacou a liderança regional do prefeito de Itacaré, que já presidiu a Amurc e hoje lidera o Consórcio Regional Litoral Sul. Para ele, Itacaré, acolhe com carinho, ampara e abriga a todos os cidadãos e cidadãs de Coaraci.

A proposta da criação do sistema de Cidades Irmãs também foi defendida pelo prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, que falou das dificuldades enfrentadas pelos municípios regionais e do quanto que eles poderão avançar com a troca de experiências, vivências e parcerias entre essas cidades.

Já o deputado estadual Rosemberg Pinto, líder do Governo Baiano na Assembleia Legislativa (AL-BA), também falou da importância dessa união e ressaltou que hoje não há mais espaço para o individualismo, mas sim para o coletivo, com os municípios buscando juntos o desenvolvimento regional e as soluções para os problemas comuns.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.