Campus de Uruçuca tem vagas remanescentes
Tempo de leitura: < 1 minuto

Encerra-se na próxima sexta-feira (9) o prazo de inscrição para o processo para 7.320 vagas de cursos técnicos integrados e subsequentes ao nível médio nas modalidades presenciais e Educação a Distância (EAD) do Instituto Federal Baiano. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet, no portal da Fundação CEFETMINAS. Veja no final do texto.

As vagas estão distribuídas em 21 opções de cursos, nos 14 campi e em 20 polos EAD da instituição. No sul da Bahia, no campus de Uruçuca, nos cursos técnicos subsequentes, são 155 vagas em Agrimensura (35), Agropecuária (80) e Alimentos (40). Nos cursos integrados, as oportunidades são nos cursos de Guia de Turismo e Informática.

No sudoeste, no campus de Itapetinga, são 105 vagas, nos cursos técnicos subsequentes em Manutenção e Suporte em Informática, Agropecuária e Alimentos. As demais vagas são para os campi de municípios como Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa, Catu, Governador Mangabeira, Guanambi, Santa Inês, Itaberaba, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas e Valença.

MODALIDADE INTEGRADA

Na modalidade integrada, as vagas são em cursos como Agroecologia, Agricultura, Informática, Agropecuária, Alimentos, Química, Agoindústria, Informática para Internet, Meio Ambiente, Zootecnia, Administração, Técnico em Florestas, Guia de Turismo e Técnico em Meio Ambiente.

Na modalidade a distância, as vagas são em cursos como Multimeios Didáticos, Secretaria Escolar e Vendas. As oportunidades são para cidades como Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa Bom Jesus, Salvador, Catu, Governador Mangabeira, Santo Estevão, Guanambi e Ibipitanga.

Além de Itaberaba, Marcionílio Souza, Itapetinga, Potiraguá, Santa Inês, Maracás, Senhor do Bonfim, Capim Grosso, Mundo Novo, Piritiba, Remanso, Serrinha, Araci, Teixeira de Freitas, Ibirapuã, Itanhém, Jucuruçu, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Uruçuca, Maraú, Valença, Nazaré e Xique-Xique. Acesse aqui os editais e para se inscrever.

Tempo de leitura: 2 minutos

A Secretaria da Saúde da Bahia determinou a ampliação da oferta da vacina contra influenza para toda a população a partir de 6 meses de idade. A medida atende recomendação da Coordenação do Programa Nacional de Imunizações.

A ampliação foi em função de as coberturas vacinais nacionais, estaduais e municipais ainda estarem baixas e heterogêneas, o que pode levar a formação de bolsões de pessoas não imunizadas, favorecendo o aparecimento da doença e suas complicações, em especial nos grupos de maior risco.

Na Bahia, os dados da campanha indicam que até o momento foram vacinadas 2.033.808 pessoas, representando 38,6% do total de 5.128.509, população alvo da campanha. A data de vacinação para todas as faixas etárias e os locais de imunização são definidos pelos municípios.

INTERVALO ENTRE AS VACINAS

É necessário haver um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas contra influenza e a vacina contra a Covid-19. As pessoas que ainda não foram imunizadas contra Covid-19 ou que receberam apenas a primeira dose devem priorizar essa data e, posteriormente, buscar um posto para se vacinar contra gripe.

A campanha de vacinação contra influenza é uma importante medida também no combate à pandemia de coronavírus (Covid-19). “A vacinação contra a influenza prevenirá o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e consequente sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19”, explica a coordenadora do Programa de Imunização da Sesab, Vânia Rebouças.

Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais.

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz. Apresenta potencial para levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção viral.

Ministro João Roma, da Cidadania, diz que auxílio é muito importante || Foto EBC
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ministro da Cidadania, João Roma, classificou nesta segunda-feira (5) como muito importante a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro.

O anúncio foi feito por Bolsonaro ao lado de Roma e dos ministros Paulo Guedes (Economia), Fábio Faria (Comunicações) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), além do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

– Essa é uma medida muito importante porque o auxílio tem sido uma importante ferramenta para que pais e mães de famílias, muitos deles que estiveram impedidos de ganhar os sustentos de suas famílias, possam avançar dentro da nossa sociedade com o mínimo de dignidade – afirma o ministro da Cidadania, João Roma.

NOVO BOLSA FAMÍLIA EM NOVEMBRO

A prorrogação do benefício será feita por meio de decreto editado pelo presidente. O ministro da Cidadania destacou que, após o pagamento do benefício, em novembro, o governo terá o novo programa social mais fortalecido.

– O final da última parcela do auxílio em outubro. Em novembro entraremos com o novo programa social do governo fortalecido e ampliado para que os brasileiros possam avançar cada vez mais não só com o suporte do governo brasileiro para este momento de vulnerabilidade mas com todos os auxílios para que eles possam vencer e avançar em suas situações e na sua qualidade de vida – disse.

MPF denuncia 16 pessoas na Operação Faroeste na Bahia
Tempo de leitura: 3 minutos

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou nova denúncia decorrente da Operação Faroeste. Desta vez, foram denunciadas 16 pessoas pelos crimes de corrupção nas modalidades ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O MPF informou que entre os denunciados estão os desembargadores Maria do Socorro Barreto, Gesivaldo Britto e José Olegário Monção Caldas, os juízes Sérgio Humberto e Marivalda Moutinho, os advogados Márcio Duarte, João Novais, Geciane Maturino e Aristóteles Moreira, a promotora Ediene Lousado além dos delegados Gabriela Macedo e Maurício Barbosa.

No documento encaminhado ao ministro Og Fernandes, relator do caso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), na última sexta-feira (2), a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo também sustenta a necessidade da manutenção de prisões preventivas e de medidas alternativas à prisão de parte dos envolvidos no esquema criminoso.

De acordo com o MPF, a denúncia detalha a corrupção em dois casos. No primeiro caso, o valor estimado da propina foi de R$ 252,9 mil, pago após decisão proferida em janeiro de 2016 pelo desembargador José Olegário. A decisão manteve inalterada a Portaria 105/2015, da Corregedoria de Justiça do Interior. No segundo caso, o montante foi de R$ 1,3 milhão e teve a participação dos magistrados Maria do Socorro, Gesivaldo Britto e Sérgio Humberto, conforme denúncia.

Segundo a investigação, era o casal Maturino que viabilizava o recebimento e pagamento do dinheiro destinado aos envolvidos no esquema. Parte dos pagamentos era fracionada e entregue em espécie, outra parcela era depositada em conta bancária de terceiros. Havia ainda a entrega de joias e parte em operações bancárias estruturadas para fugir dos mecanismos de controle, de modo a impedir qualquer tipo de vinculação criminosa entre todos.

LAVAGEM DE DINHEIRO

Nesse contexto, Adaílton Maturino e Geciane Maturino, agindo de maneira consciente e deliberada, criaram e operaram mecanismo sistemático de lavagem de dinheiro, para a pulverização de, pelo menos R$ 1,5 milhão, oriundos da propina paga pelas decisões produzidas ao longo do trâmite da fase administrativa e da fase judicial nas quais se buscava legitimar grande porção de terras no oeste baiano a favor do grupo criminoso.

O branqueamento de capitais, no esquema apresentado na denúncia consistia na geração dos valores pelo grupo de Adaílton Maturino, com a consequente entrega, a José Olegário, Maria do Socorro, Gesivaldo Bitto e Sérgio Humberto. Os magistrados foram responsáveis por produzir decisões judiciais que forçavam os integrantes do grupo contrário ao de Adaílton Maturino a realizar acordos que beneficiavam a organização criminosa.

Leia Mais

Primeira fase da construção vai entregar mais de 480 metros de calçadas acessíveis à comunidade acadêmica
Tempo de leitura: < 1 minuto

No retorno para as atividades presenciais, a comunidade acadêmica poderá observar diversas novidades no Campus Soane Nazaré de Andrade, sede da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus. Entre as obras em andamento está a implantação de calçadas acessíveis, atendendo aos requisitos estabelecidos para o conforto e a segurança no trânsito de pedestres.

As obras vão trazer maior segurança em razão da segregação física do trânsito de veículos e do fluxo de pedestres e cadeirantes, com adequações para pessoas com limitações de locomoção em geral, a exemplo de rampas de acesso e guias em piso tátil.

Além disso, o piso será regular, contínuo e antiderrapante e a superfície não terá nenhuma saliência, desnível ou qualquer outra interferência.

As calçadas, em fase final de construção, tiveram as obras iniciadas em abril deste ano. Esta etapa do serviço tem mais de 484,88 metros de extensão.

Para assegurar o cuidado com os funcionários envolvidos nas obras em relação à Covid-19, a Uesc adota todos os protocolos de biossegurança indicados nas resoluções do Conselho Superior Universitário e nos decretos estaduais. Outra importante ação neste âmbito foi a inclusão dos operários no esforço de vacinação sediado na Uesc.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.210 casos de Covid-19 e 1.866 recuperados. O boletim epidemiológico desta segunda-feira (5) também contabiliza 53 óbitos.

Dos 1.138.377 casos confirmados no estado desde o início da pandemia, 1.102.758 já são considerados recuperados, 11.307 encontram-se ativos e 24.312 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico informa ainda 1.377.269 casos descartados e 231.600 em investigação.

REGULAÇÃO DE LEITOS

Às 12h desta segunda-feira, 22 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 12 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema.

VACINAÇÃO

A Bahia aplicou a primeira dose de vacina contra a Covid-19 em 5.110.049 pessoas, das quais 1.900.818 receberam também a segunda aplicação.

Tempo de leitura: 2 minutos

Relator do processo que discute a vacinação de jornalistas na Bahia, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, negou seguimento à reclamação apresentada pelo Ministério Público estadual (MP-BA). O órgão é contra a imunização da categoria, que foi autorizada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa da Saúde, para os profissionais da área a partir dos 40 anos.

Com a recusa de Toffoli, segue mantida a decisão da CIB, que inclusive já foi executada nos municípios do estado. A vacinação da categoria é um pleito do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Bahia (Sinjorba), junto a outras entidades da área, como a Associação Bahiana de Imprensa (ABI) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

Em nota enviada à imprensa, o Sinjorba defendeu que, diante dessa decisão, as prefeituras têm que baixar a idade para vacinação de profissionais de imprensa. Alguns municípios, como Lauro de Freitas e Jaguaquara já fizeram isso, mas outros tantos pararam no grupo com idade mínima de 40 anos.

“Com a posição do STF, os gestores estão amparados juridicamente para ampliarem a vacinação dos profissionais de imprensa, reduzindo a idade para abaixo dos 40 anos, como aconteceu com outras categorias que foram imunizadas prioritariamente, a exemplo de professores, policiais e caminhoneiros”, diz o presidente do Sinjorba, Moacy Neves.

Ele fez um apelo ao prefeito Bruno Reis e ao secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates, além de buscar gestores de outros municípios para que jornalistas com idade menor também sejam imunizados prioritariamente. “Nossos colegas continuam adoecendo e morrendo por estarem trabalhando, levando à população informação de qualidade sobre a covid-19 e ajudando as autoridades de saúde no combate à pandemia”, lembra Neves.

Para o sindicato, todo o movimento do MP-BA e do Ministério Público Federal (MPF) no sentido de barrar a vacinação da categoria foi injusto. Com informações do Bahia Notícias.

Análise química vai determinar se material é o mesmo que poluiu praias do Nordeste em 2019
Tempo de leitura: < 1 minuto

De quarta (30) até esta segunda-feira (5), a Capitania dos Portos já retirou 300 quilos de óleo da praia de Itacimirim, no litoral norte da Bahia. Segundo o coordenador da Defesa Civil de Camaçari, município responsável pela praia, Ivanalto Soares, o material recolhido foi enviado para análise no Rio de Janeiro.

Um dos objetivos da análise é saber se o material é o mesmo encontrado nas praias do litoral do Nordeste em 2019.

Conforme Ivanalto Soares, trata-se do mesmo óleo, só que agora ele apareceu petrificado devido ao tempo que ficou preso aos corais e misturado à areia. No entanto, a confirmação química ainda depende da análise laboratorial. Redação com TV Bahia.

Preço da gasolina acumula aumento de 46% no primeiro semestre de 2021
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Petrobras anunciou hoje (5) que vai aumentar o preço dos combustíveis a partir desta terça-feira (6).

Os preços médios de venda de gasolina e diesel da Petrobras para as distribuidoras passarão a ser de R$ 2,69 e R$ 2,81 por litro, o que representa reajustes médios de R$ 0,16 (6,3%) e R$ 0,10 por litro (3,7%), respectivamente.

A empresa também informou que o preço médio de venda de gás liquefeito de petróleo (GLP) para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,60 por quilo, aumento médio de R$ 0,20 (6%).

Ao longo dos seis primeiros meses de 2021, o preço da gasolina subiu 46% e o do diesel, 40%.

O advogado e professor Francisco Valdece, provedor da Santa Casa de Itabuna
Tempo de leitura: 2 minutos

Nesta segunda-feira (5), o provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI), Francisco Valdece, fez um balanço do primeiro ano de sua gestão. Para o provedor, entre os destaques neste primeiro ano estão o aumento da oferta de procedimentos cirúrgicos, a retomada de serviços concedidos a terceiros e a aquisição de 52 máquinas para a unidade de hemodiálise.

A SCMI passou a oferecer, neste ano, procedimentos cirúrgicos de cardiologia e neurocirurgia pediátrica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e para particulares. O provedor observa que a implantação de serviços inéditos de alta complexidade vem assegurando, com sucesso, cirurgias em crianças em adolescentes não só do sul da Bahia, mas de municípios como Itamaraju, no extremo-sul, Caetité, no sudoeste, e Barra da Estiva, na Chapada Diamantina.

São procedimentos cirúrgicos que, lembra Valdece, até o ano passado eram feitos em centros como Salvador e Feira de Santana, mas que agora são disponibilizados no Hospital Manoel Novaes (HMN), em Itabuna. Foi nessa unidade de saúde que o pequeno Lucas Gabriel Pimentel, de 2 anos, foi submetido a uma cirurgia para remodelação e reconstrução de crânio em junho passado. A família viajou 471 km, de Caetité a Itabuna, para o procedimento cirúrgico.

Quem também recuperou-se bem depois de passar por cirurgia no HMN foi Alice de Souza, submetida a cirurgia de correção de persistência do canal arterial, quando tinha apenas 40 dias de nascida. Prematura de 29 semanas e quatro dias, pesando 1,225 kg, a criança poderia enfrentar uma série de complicações de saúde, caso não fosse submetida ao procedimento cirúrgico cardíaco. A menina já recebeu alta médica e está com os pais em Itamaraju, no extremo-sul da Bahia.

A instituição também investiu na melhoria dos serviços de hemodiálise, com a substituição de 52 máquinas antigas por novas e na reforma do espaço onde centenas de pacientes são tratados diariamente.

Esse período foi marcado ainda pela retomada de serviços como hemodinâmica e radiodiagnostico. “Foi um processo iniciado pelo meu antecessor, ex-provedor Eric Júnior, que percebeu a necessidade da SCMI ofertar os serviços. Foi uma decisão acertada dele e, por isso, retomamos o controle desse atendimento”, relata o provedor.

SUS

A quantidade de atendimentos realizados na Santa Casa de Itabuna no decorrer de 2020 mostra a importância da instituição para a população no interior da Bahia, principalmente para as famílias mais carentes, com percentual maior de pessoas procurando pelos serviços de hemodiálise (82%), radioterapia (92%) e quimioterapia (93%).Leia Mais

Objetivo da ação é averiguar segurança dos automóveis em diversas circunstâncias e ambientes com temperatura acima de 35 graus
Tempo de leitura: 2 minutos

O Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), por meio da promotora de Justiça Joseane Suzart, ajuizou ação civil pública contra a fabricante de automóveis SVB Automotores do Brasil, conhecida pelo nome comercial de Suzuki do Brasil, pedindo que a empresa seja obrigada, em caráter liminar, a custear perícias nos veículos “Jimmy” e “GV-Grand Vitara” para verificar a segurança do seu funcionamento em temperaturas superiores a 35 graus.

A promotora de Justiça pede que os laudos informem se algum “defeito oculto” faria com que os veículos não suportassem a evaporação elevada em ambientes com temperatura acima dos 35 graus, sobretudo em condições irregulares de solo, levando os veículos a expelir vapores de combustíveis do seu sistema interno de gases, o que poderia prejudicar a saúde dos consumidores.

No ação, Joseane Suzart pede que os testes sejam realizados com os tanques totalmente cheios de combustível, mas sem ultrapassar o limite natural do reservatório, com os carros em movimento, com os vidros fechados, com ar condicionado ligado e posteriormente com este desligado, com circulação de ar de cabine aberta e posteriormente sem circulação, em situação que simule típico congestionamento e em situação que simule estrada não pavimentada.

Com base nesses testes, o laudo produzido deve revelar se o percentual de nocividade dos gases expelidos pela peça conhecida como “respiro do canister”, com o objetivo de descobrir se há efetiva filtragem mesmo quando a peça esteja saturada, bem como se esse percentual pode afetar a saúde do ser humano ou o meio ambiente.

LONGO TEMPO DE USO INITERRUPTO 

A perícia deve registrar também se a utilização dos carros por períodos considerados médios ou altos, entre sete e oito horas de duração, nas temperaturas acima de 35° graus, pode acarretar vazamento de gás de combustível pela tampa do tanque.

Joseane Suzart pede ainda que, caso seja detectada qualquer anormalidade que evidencie defeito nos modelos mencionados, a SVB Automotores do Brasil seja compelida pela Justiça a convocar o devido “recall” a fim de sanar todos os problemas que eventualmente sejam constatados, realizando a efetiva prevenção dos danos.

Coordenado por professor da Uesb, estudo mostra concentração de recursos para pesquisas na Região Metropolitana de Salvador, enquanto homens detêm maior parte das bolsas de pesquisa no estado
Tempo de leitura: 3 minutos

Diferença, desigualdade, disparidade, discrepância, assimetria. Esses termos são recorrentes nos resultados do projeto de pesquisa “Distribuição espacial das atividades científicas e tecnológicas na Bahia e as desigualdades regionais”, liderado pelo pesquisador e professor do curso de Ciências Econômicas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Roberto Paulo Machado Lopes.

De acordo com o pesquisador, a abordagem inicial identificou a distribuição espacial das atividades de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) na Bahia, observando os desníveis da sua presença nas regiões do estado. Além disso, a pesquisa revela como essa distribuição desigual dificulta a formação de economias de aglomeração e reforça as desigualdades no desenvolvimento econômico.

CONCENTRAÇÃO NA GRANDE SALVADOR

As evidências empíricas geradas na pesquisa mostraram que os desníveis entre a microrregião de Salvador (capital do estado) e as demais 31 microrregiões do estado (interior) vêm reduzindo, mas ainda persiste uma forte concentração nas atividades de CT&I na Região Metropolitana de Salvador (RMS), com 59,4% dos projetos aprovados.

Enquanto isso, o índice de aprovação em todo o interior corresponde a 40,6%. As discrepâncias são maiores nas atividades de inovação, com a RMS concentrando 80,9% dessas atividades.

ASSIMETRIAS DE GÊNERO

A segunda linha de investigação mapeia as assimetrias de gênero na ciência baiana, tendo por base de análise a proporção de projetos de pesquisa e inovação aprovados em editais da Fundação de Amparo Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb).

Os principais resultados mostraram uma redução na desigualdade de gênero na ciência baiana, acompanhando uma tendência que ocorre na ciência brasileira e na maioria dos países ocidentais. A proporção de mulheres entre pesquisadores no Brasil avançou de 38% para 49% de 1996-2000 até 2011-2015, enquanto na Bahia avançou de 30,6% para 44,3%, de 2008 e 2015.

Entretanto, o equilíbrio observado nos dados gerais não se reproduz na análise segmentada, existindo fortes desníveis de gênero na ciência entre as grandes áreas do conhecimento. “A discrepância na participação dos dois sexos entre as grandes áreas mostra uma separação na ciência, com carreiras com forte predominância de um dos dois sexos, e revela uma desigualdade escondida nos dados agregados”, destacou Lopes.

As assimetrias de gênero são maiores nas Ciências Exatas e da Terra e nas Engenharias, áreas que abrigam campos de pesquisa como Matemática e Ciências da Computação, que apresentam uma sub-representação feminina não só na Bahia, mas em todo o país.

A participação feminina na coordenação de projetos para o desenvolvimento de pesquisa de excelência ou em áreas de fronteiras da ciência também registra números desfavoráveis às mulheres. Nenhum dos Institutos Nacionais (INCT) baianos têm uma mulher na coordenação geral e apenas 21,4% dos Programas de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex) são coordenados por mulheres.

Lopes afirma que a desvantagem das mulheres na coordenação e na participação em grupos de excelência acaba se refletindo no reconhecimento das pesquisas que elas desenvolvem, gerando um ciclo vicioso. As assimetrias de gênero nos grupos de excelência se reproduzem na participação feminina entre os pesquisadores com bolsa de produtividade em pesquisa (PQ) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na Bahia. Entre os pesquisadores baianos com bolsas PQ, as mulheres estão em desvantagem, com 36,8% das bolsas.

DISTINÇÃO POR ÁREA DE CONHECIMENTO

Na terceira linha de investigação, o trabalho analisa o predomínio de determinadas áreas do conhecimento, seguindo a tabela de áreas do CNPq na produção científica baiana. As grandes áreas do conhecimento foram agrupadas de modo a permitir contrastar a produção de conhecimento pelas Ciências Naturais e pelas Ciências Sociais.

As disparidades entre as grandes áreas da ciência baiana foram muito elevadas, mas dentro do mesmo padrão de desigualdade observado para a ciência brasileira. Na Bahia, o predomínio das Ciências Naturais, com 87,7% dos projetos aprovados, reflete a lógica de pilares racionalistas que atribuem à ciência instrumental o papel de transformar a realidade. Áreas do conhecimento relacionadas às Ciências Sociais aprovam apenas 12,3% dos projetos.

Votado no fim de abril pela Câmara, projeto de reforma administrativa ainda não foi publicado pelo prefeito de Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A base do governo Mário Alexandre na Câmara de Vereadores é formada por ampla maioria. Com o apoio de parlamentares autoproclamados independentes, a reforma administrativa da Prefeitura de Ilhéus foi aprovada em tempo recorde.

Não se tem notícia de projeto dessa monta – que reformula toda a estrutura administrativa do município – aprovado em 14 dias, intervalo entre a data em que o Legislativo recebeu a proposta, 14 de abril de 2021, e o dia 28 do mesmo mês, quando a matéria foi votada.

Para se ter ideia da celeridade do processo legislativo, basta lembrar que a tramitação de projeto de lei em regime de urgência tem prazo de até 45 dias, conforme a Lei Orgânica do Município (LOM), artigo 56, parágrafo primeiro.

Apesar da velocidade com que foi aprovada, a reforma ainda não entrou em vigência. O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), não a publicou no prazo de 15 dias previsto pelo artigo 57, parágrafo primeiro, da LOM. Passado esse prazo, o mesmo artigo autoriza o presidente da Câmara, Jerbson Moraes (PSD), a promulgar a nova lei, mas ele também não o fez.

Positivo abre 200 vagas para unidade em Ilhéus || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um dos líderes da área de informática e eletroeletrônicos do país, o Grupo Positivo anunciou a abertura de processo de recrutamento e seleção para a unidade em Ilhéus, no sul da Bahia. As vagas disponíveis são em três áreas – produção, logística e qualidade. São, no total, 200 vagas, conforme apurado pelo PIMENTA.

O processo de recrutamento e seleção será feito pela RH Nossa e o cadastramento para concorrer a vaga deve ser feito pela internet. De acordo com a empresa, a contratação está prevista para o período entre agosto e setembro deste ano.

As inscrições são feitas por meio dos links a seguir – Auxiliar de Qualidade, Auxiliar de Processos, Auxiliar de Logística e Assistente Técnico de Processos.

Totinga sobe para marcar de cabeça o único gol da vitória do Grapiúna contra o Botafogo de Senhor do Bonfim /Fonte TVE
Tempo de leitura: < 1 minuto

Foi com uma cabeçada certeira que Totinga marcou, aos 41 minutos do segundo tempo, o único gol da vitória do Grapiúna contra o Botafogo Bonfinense, na tarde deste domingo (4). Válida pela segunda rodada da Série B do Baianão 2021, a partida foi disputada no Estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim. A conquista fora de casa isolou o time itabunense na liderança da fase de classificação, com 6 pontos.

Já em Ilhéus, no Estádio Mário Pessoa, o Barcelona venceu o duelo local contra o Colo-Colo por 2 a 1. Eduardo marcou os dois gols do Barça, e Alisson fez o único do Tigre.

Com o resultado, as duas equipes ilheenses têm 3 pontos, assim como Botafogo e Camaçariense. O Camaçari não pontuou nas duas primeiras rodadas e amarga a última posição da tabela.

PRÓXIMOS JOGOS

A terceira rodada será no meio desta semana. O Grapiúna vai mandar seu jogo contra o Camaçari em Ilhéus, no Mário Pessoa, nesta quarta-feira (7), às 15 horas.

No mesmo horário, Colo-Colo e Botafogo vão se enfrentar no Estádio Waldomiro Borges, em Jequié. Apesar de ter o mando de campo, o Tigre ainda precisa disputar mais este jogo fora de Ilhéus para cumprir punição recebida no ano passado.

Barcelona e Camaçariense fecharão a terceira rodada na quinta-feira (8), às 15 horas, também no Mário Pessoa.

Com seis participantes e jogos apenas de ida, a fase classificatória da Série B terá cinco rodadas. Quatro times avançarão às semifinais, e a apenas o campeão vai subir para a elite do futebol baiano.