Justiça ordenou paralisação de obra na Maramata e proibiu início de construção de estações de esgoto em praça do Pontal e na Sapetinga
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, por meio da juíza de Direito Carine Nassri da Silva, embargou a obra da estação elevatória de esgoto da Praça Maramata, no bairro Pontal, em Ilhéus. Publicada na última quarta-feira (14), a decisão liminar também impede, provisoriamente, o início da construção de estações do mesmo tipo na Praça São João Batista e na Sapetinga – leia mais aqui.

Na manhã desta sexta-feira (16), em contato com o PIMENTA, a Embasa, ré na ação junto com a Prefeitura de Ilhéus, informou que ainda não foi notificada pela Justiça e que só vai emitir posicionamento sobre o caso após conhecer o teor da decisão judicial.

Também procurada pela reportagem do site, a Secretaria de Comunicação de Ilhéus disse que aguarda manifestação da Procuradoria-Geral do Município para comentar a decisão.

O PIMENTA teve acesso à integra da ordem judicial, que foi provocada por Ação Civil Pública do Movimento Preserva Ilhéus – confira aqui.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.