Wane Brenda, a "Viúva Negra", é condenada no primeiro julgamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal do Júri da Comarca de Itabuna concordou com as provas apresentadas pela acusação e condenou, nesta terça-feira (31), Wane Brenda Gonçalves de Oliveira a 21 anos de prisão, em regime fechado. A “Viúva Negra”, como ficou conhecida nacionalmente, foi punida pelo assassinato de  Edvaldo Araújo Alves, morto por envenenamento em 2017.

A defesa da “Viúva Negra” informou que vai recorrer da condenação. Ela está presa desde 11 de junho de 2018, quando a polícia descobriu que, além de Edvaldo Araújo,  Evandro Bomfim de Sousa também havia morrido por envenenamento. A segunda vítima também namorou a condenada.

De acordo com a polícia, Wane Brenda Gonçalves também assassinou Evandro.  Ele passou mal ao ingerir medicamento dado por Brenda em 12 de novembro de 2017, sete meses depois da morte de Edvaldo, conforme a polícia. Ela ainda será julgada pela morte de Evandro, mas a data do júri popular não foi definida. Saiba tudo sobre os crimes acessando aqui.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *