Suspensão da vacina para adolescentes sadios segue recomendação do Ministério da Saúde
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna suspendeu a vacinação contra covid-19 de adolescentes sem comorbidades, a partir desta quinta-feira (16), após recomendação do Ministério da Saúde para todos os estados e municípios brasileiros.

Na justificativa da recomendação, publicada ontem (15), o Ministério da Saúde não cita o posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a vacinação desse público. No último mês de junho, o órgão autorizou o uso da vacina da Pfizer em adolescentes com 12 anos ou mais.

A pasta alega que a Organização Mundial da Saúde não recomendou a imunização de adolescentes sadios.

O que a Nota Informativa do Ministério não menciona é que a OMS também não se posicionou contra a vacinação de menores de 18 anos. O organismo internacional apenas recomenda que faixas etárias maiores e pessoas com a saúde debilitada tenham prioridade em relação a crianças e adolescentes saudáveis.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.