Maria da Glória dos Santos, "Dona Lola", faleceu nesta quinta-feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Maria da Glória dos Santos, 72, faleceu na manhã desta quinta-feira (23), no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, após uma crise de insuficiência respiratória. Com problemas cardíacos, diabetes e hipertensão, Dona Lola, como era mais conhecida, estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há duas semanas.

Um dos 7 filhos de Lola, Crispim Soares disse ao PIMENTA, por telefone, que sua mãe era uma das moradoras mais antigas do Alto Nerival, na Barra de Taípe, bairro da zona norte de Ilhéus.

A REZA

Foi Mãe Carmosina, anciã de 104 anos e referência viva do candomblé, quem iniciou Lola nos saberes tradicionais da reza. Pelas mãos, folhas e palavras da benzedeira, muita gente recebeu a cura para as dores da alma e do corpo, afirma Crispim.

A FESTA

Crispim teve um irmão gêmeo, Crispiniano, que viveu apenas uma semana. Ser mãe de gêmeos aproximou Lola de Cosme e Damião, os meninos santos de 27 de setembro, época de festa no Alto Nerival. “Os carurus lá de casa sempre foram fartos, casa cheia; era uma cerimônia, uma festa que parava a rua. Vinha gente de outros lugares pra comer o caruru de Dona Lola”, lembra Crispim.

O ADEUS

Dona Lola deixa os filhos Alvino, Maria de Fátima, Gleides, Ayala, Aliana, Luciene e Crispim, além de 6 netos. O velório ocorre no SAF do Alto da Conquista. O sepultamento será às 15h desta quinta, no Cemitério São João Batista, no bairro Nelson Costa.

Uma resposta

  1. Meus sentimentos Dona Lola, sua missão aqui na terra foi cumprida descanse em paz. Que Olorum te receba de braços abertos….axé…🙏🏾🙏🏾🙏🏾

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *