Valci Serpa, diretor da Sutram, faz esclarecimento sobre serviço público de transporte || Foto PMI
Tempo de leitura: 2 minutos

O diretor da Superintendência de Trânsito, Transporte e Mobilidade de Ilhéus (Sutram), Valci Serpa, disse ao PIMENTA que as concessionárias do transporte coletivo, Viametro e São Miguel, cumprem sua parte no acordo feito com a Prefeitura e homologado pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus.

Segundo informação que circula nas redes sociais e em meios de comunicação, os ônibus do transporte público passariam a circular apenas até as 19h. “Não existe isso”, refutou Serpa. Segundo ele, de segunda a sábado, os veículos rodam até as 23h.

“Nós temos um contrato com 120 ônibus e rodam 100, o que equivale a 85%. Existe um acordo judicial que, até a pandemia, tem que rodar 85% e, depois da pandemia, 100%. As empresas estão cumprindo o que foi acordado com o Ministério Público e com a Justiça”, afirmou.

O diretor explicou que, a partir das 20h, a frota em circulação diminui de forma escalonada. Até as 22h, a cidade tem 19 veículos em serviço, com os últimos ônibus encerrando a jornada às 23h05min.

Conforme Serpa, os horários de todas as linhas de ônibus estão disponíveis no site oficial da Prefeitura de Ilhéus.

DUAS REALIDADES

Segundo Valci Serpa, a maior dificuldade do sistema de transporte é a prestação do serviço para os moradores dos distritos, sobretudo aos domingos. “Nós temos uma zona rural muito grande, são 43 distritos e povoados. A gente só consegue atender de segunda a sábado”.

O mesmo problema – afirma o gestor – não ocorre na zona urbana, que, aos domingos, tem o projeto “De busu pra praia”, com 33 linhas para os litorais norte e sul da cidade.

AUMENTO DA DEMANDA DA FACULDADE DE ILHÉUS E VOLTA ÀS AULAS

O diretor da Sutram estava na Faculdade de Ilhéus, na tarde desta terça-feira (8), quando falou por telefone com o PIMENTA. Após adquirir a Faculdade Madre Thaís, a Faculdade de Ilhéus solicitou reunião com a Sutram para discutir o aumento da demanda com a chegada de novos alunos à instituição. O encontro de hoje teve a presença de representantes das concessionárias.

Com a retomada das aulas presenciais, o sistema de transporte também terá plano para atender aos estudantes de outras instituições de ensino superior e de escolas públicas e privadas, assegurou Valci Serpa.

2 respostas

  1. A populacao principalmente a de baixa renda depende de onibus. Como ficaram os estudantes noturnos das diversas localidades que moram em bairros distantes. Vamos pensar. Ja chega nao. So a populacao que sofre.

  2. Nem de dia eles estão cumprindo horário, principalmente os do Couto. Quebrou 2X o Búzios e não colocam outro nem mandam socorro. São poucos horários 6, 7, 8, 12h e 15h formando aglomeração por excesso de usuários.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.