Otto e Lula durante ato político em Salvador || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O senador Otto Alencar (PSD) oficializou sua pré-candidatura à reeleição nesta quinta-feira (31), em Salvador, no ato que também apresentou a pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao Governo da Bahia, com Geraldo Júnior (MDB) vice. Também participaram o senador Jaques Wagner, o governador Rui Costa e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. Ao discursar, Otto recordou sua posição em votações importantes do Senado, a exemplo das reformas trabalhista e da Previdência Social, contra as quais votou.

“No Senado, cumpri com todas as promessas que assumi em 2014, sobretudo em defesa dos trabalhadores, do povo da Bahia e do Brasil. Lutei contra a reforma da Previdência Social, que penalizou o trabalhador do calo da mão e do suor da testa. Recentemente, foi meu dever também lutar contra a reforma trabalhista, que precisa ser revista em diversos pontos, especialmente o trabalho intermitente, que penaliza quem trabalha para sustentar as suas famílias”, disse o senador baiano.

Também mencionou seu papel na CPI da Covid. Médico, Otto foi um dos críticos da insistência do presidente Jair Bolsonaro (PL) em colocar em dúvida a eficácia das vacinas contra a Covid-19. “Trabalhei para dar resposta ao que acho fundamental: a preservação da vida”.

Visivelmente emocionado, o governador Rui Costa não poupou elogios ao aliado. “Esse é o Otto que, quando a Bahia precisou dele, estava presente. Otto da coragem, da Chapada, da lealdade e da gratidão, por isso é o nosso senador da República”, afirmou. Lula endossou as palavras de Rui sobre Otto. “Esse homem é um dos maiores exemplos de dignidade”, declarou o ex-presidente do Brasil.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.