Envolvido no acidente que matou Ranitla, Tharcísio se entrega à Polícia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O empresário Tharcísio Aguiar, que atropelou e provocou  a morte da cirurgiã-dentista Ranitla Scaramussa Bonella, apresentou-se hoje (26) à Polícia Civil, no Presídio Advogado Ariston Cardoso, em Ilhéus, no sul da Bahia. O advogado criminalista Jacson Cupertino, que representa o investigado, confirmou a informação ao PIMENTA.

Tharcísio estava foragido desde 26 de junho, quando foi expedido o mandado de prisão preventiva cumprido hoje. Amanhã (27), ele passará por audiência de custódia.

Na audiência, segundo Jacson Cupertino, a defesa pedirá que a prisão seja revogada. “A gente vai demonstrar a desnecessidade da prisão, uma vez que o laudo pericial demonstra que ele estava [dirigindo] numa velocidade compatível com a via [no momento do acidente]”, disse.

O advogado argumenta que a Vara do Tribunal do Júri, que ordenou a prisão de Tharcísio, não é a instância judicial correta para decidir sobre as demandas do inquérito nem para julgar o caso, pois a perícia técnica constatou que o motorista não dirigia acima do limite de velocidade da pista, que é de 60km/h.

Conforme o laudo, naquela tarde de 11 de junho passado, o carro de Tharcísio estava a menos de 50km/h quando atingiu Ranitla, que atravessava a BA-001 sobre uma faixa de pedestres. Ela foi arremessada a dezesseis metros do local do impacto, segundo o perito criminal João Francisco Monteiro Barragan, que assina o laudo.

11 respostas

  1. Pronto, não tem o que temer!
    Agora que os Advogados enfim conseguiram acesso ao inquérito policial, onde consta laudo técnico científico que concluiu que a velocidade no momento do acidente era compatível com a via, se entregou.

    A justiça vai definir…

  2. Finalmente quando o devido processo legal e o seu direito de defesa foi resguardado, tendo acesso ao inquérito policial, bem assim, ficando demonstrado que a tipificação criminal não corresponde ao caso concreto, ele terá a certeza de que a justiça (baseada na lei) se cumprirá e agora sim, não há o que temer. Fatalidade, da qual, ele estava na hora errada no lugar errado.

  3. Se estava a 50 ou 60km/h, estava bebendo em uma barraca de praia e atropelou um perdeste que estava atravessando na faixa, prioridade, então ele cometeu crime sim! Os advogados que lutem, mas não vamos passar pano para assassino, foi uma vida… antes de comentar, pense que poderia ser um filho(a), um pai ou mãe, poderia ser qualquer pessoa.

  4. Como uma velocidade dessa foi capaz de arremessar um corpo a 16 metros de distância. Façam
    Um
    Simulado! Me engana que eu gosto!!!

  5. Como uma velocidade dessa foi capaz de arremessar um corpo a 16 metros de distância???Façam
    Um
    Simulado! Me engana que eu gosto!!!

  6. Velocidade compatível para pedestre atravessando faixa de pedestre é O km ( zero km). Principalmente no modelo optado nessa via já que não tem cemaforo.

  7. O cara trafegar a 50 km dizem eles e lançar a vítima a uma distância de 16 metros kkkkkk é uma piada isso, com certeza vinha a mas de 70 e fora a embreaguês

  8. Que laudo é esse? Os vídeos contradizem esse laudo. Na faixa a velocidade deveria ser zero!!!Ele não parou. Se rastrear o celular dele pode ser possível medir a velocidade dele.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.