Tempo de leitura: < 1 minuto

Rogério Gomes de Araújo foi condenado a 11 anos e 3 meses de prisão, nesta terça-feira (26), pelo atropelamento e tentativa de homicídio contra a companheira no centro de Itabuna.

O crime ocorreu em setembro de 2012, quando Rogério atropelou Ingrid Katiuschia Dantas de forma intencional e brutal, no Jardim do Ó. O autor vai recorrer em liberdade devido ao comportamento durante o período em que esteve preso.

Devido ao acidente, Ingrid ficou internada por mais de 60 dias em estado grave, no Hospital de Base de Itabuna. A vítima foi escalpelada no acidente, perdeu massa encefálica e teve órgãos internos esmagados. A bacia fraturou em dezenas de partes, tal a brutalidade do atropelamento intencional. Ingrid é considerada inválida e com deficiência permanente.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.