Tempo de leitura: < 1 minuto

O canoísta Isaquias Queiroz conquistou, neste sábado (6), Halifax, no Canadá, o seu sétimo título mundial. O baiano de Ubaitaba dominou a prova do C1 500 metros e conquistou a medalha de ouro para o Brasil no Mundial de Canoagem Velocidade.

“Não foi fácil. Foi um grande trabalho que fizemos. Uma prova que teve muito vento de frente, mas consegui dominando e também aproveitar para a prova de amanhã. Para recuperar, agora é falar com a família, os amigos e, pegar também essa energia da torcida brasileira que estava aqui”, falou o campeão mundial.

Desde a edição de 2013 que Isaquias Queiroz não sai de um mundial sem medalha. São cinco ouros somente no C1 500 metros. Ao todo somam-se sete, cinco dos 500 e mais uma do C1 1000 que veio em 2019 e em 2015 a do C2 1000. Neste domingo (7) poderá conquistar mais uma dourada nos 1000 metros, às 11h33min.

ERLON DE SOUZA

Erlon de Souza e Filipe Santana Vieira também entraram na água, neste sábado. Eles disputaram a Final B e garantiram a 2ª colocação. Mas essa prova não vale disputa pelo pódio. Neste domingo (7), a partir das 12h21min, a dupla faz mais uma final no Canadá. Desta vez, os dois atletas do sul da Bahia disputam a prova C2 1000 metros.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.