Tempo de leitura: 2 minutos

A ordem de serviço para execução de obras de abastecimento de água em Itabuna foi assinada pelo prefeito Augusto Castro (PSD), nesta quinta-feira (11), na Praça Adami. O Projeto Mais Água para a Cidade representará investimento de R$ 26 milhões e beneficiará 120 mil itabunenses que sofrem com o abastecimento em intervalos que superam até duas semanas.

A assinatura da ordem de serviço, em praça pública, teve a participação de centenas de pessoas e contou com a presença do presidente da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), Raymundo Mendes Filho.

O prefeito de Itabuna comemorou a assinatura da Ordem de Serviço, com o início imediato das obras que beneficiam moradores da região dos bairros São Caetano, Pedro Jerônimo, Banco Raso, Vila Anália, São Pedro e Sarinha.

“Famílias de bairros que recebiam água a cada 15 dias em suas casas, passarão a ter água diariamente nas suas torneiras. Um benefício que representa melhoria da qualidade de vida de metade da população de Itabuna. A outra parte da população passará a ter as manobras reduzidas para cada cinco dias”, completou o prefeito.

Segundo Augusto, o projeto Mais Água para a Cidade prevê a ampliação da estação elevatória de água tratada, na Estação de Tratamento de Água (ETA), no São Lourenço, com o acréscimo de duas motobombas. Além disso, haverá a implantação de 6.049 metros de rede adutora e pouco mais de 2 mil metros de rede de distribuição.

Homens e máquinas executam obras de expansão da rede de água || Foto Roberto Santos

SOLUÇÃO PARA “UM PROBLEMA DE DÉCADAS”

Já o presidente da Emasa, Raymundo Mendes Filho, destacou a satisfação de dar início a uma obra que beneficiará famílias que há muitos anos sofrem com a falta d’ água. “Um problema de décadas que está sendo resolvido pela determinação e sensibilidade do prefeito Augusto Castro. É um projeto concebido pelos técnicos da Emasa e que estava sendo trabalhado desde o primeiro dia desta administração”, disse.

Enquanto transcorria a solenidade no centro, operários e máquinas rasgavam o solo para abrir valetas por onde passarão a tubulação em ruas do bairro Jaçanã. A movimentação surpreendeu pessoas que se disseram satisfeitas com o começo das obras para o tão sonhado projeto de levar água às suas torneiras.

Os bairros das regiões do Conceição, São Judas Tadeu, Vila Zara e Góes Calmon passarão a ser abastecidos a cada cinco dias. Já os bairros da zona oeste, que engloba Nova Itabuna, Ferradas e Nova Ferradas, passarão a ter fornecimento de água a cada seis dias, segundo a Emasa.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.