Bamor está proibida de frequentar estádios em todo o Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Justiça determinou o afastamento da Bamor, torcida organizada do Esporte Clube Bahia, de eventos esportivos em todo o país, em decisão liminar desta quinta-feira (15), a pedido do Ministério Público do Estado.

A proibição vale até o julgamento do mérito da ação civil pública ajuizada pelo MP, por meio da promotora de Justiça Thelma Leal.
Os torcedores ficam proibidos de comparecer aos estádios portando elementos que os identifiquem como membros da Bamor, a exemplo de qualquer vestimenta, bonés, faixas, bandeiras ou similares e devem manter uma distância de três mil metros dos arredores dos locais dos jogos.

Foi determinado ainda o fechamento da sede da Bamor, com impedimento de realização de eventos e concentração de torcedores, ainda que sem utilizar elementos indicativos da torcida organizada, nos dois dias antecedentes aos jogos do Bahia.

Conforme a determinação, a Bamor tem prazo de 5 dias para apresentar à Justiça a lista atualizada dos seus integrantes. Eventual descumprimento de quaisquer determinações gera multa diária de R$ 5 mil.

A decisão é uma resposta à briga generalizada de torcedores do Bahia e do Vitória, no último dia 4, em Salvador (veja aqui). A Justiça ainda não apreciou o pedido de afastamento da torcida Os Imbatíveis dos estádios, também formulado pelo MP.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.