Depois de mais de 40 anos e 8 milhões de unidades, VW prepara a despedida do Gol
Tempo de leitura: 2 minutos
Ícaro Mota é consultor automotivo

A Volkswagen anuncia a série de despedida do Gol, a Last Edition – Última Edição, com o motor atual, 1.0 mpi de 3 cilindros aspirado, que gera 77cv de potência e tem câmbio manual de 5 marchas.

A mudança se trata somente de “enfeites”. E eles são bem simples de identificar.

Vamos lá.

Nas laterais, na parte traseira alinhada às lanternas e nos para-lamas, foram colocados adesivos exclusivos da versão – que remetem aos 42 anos de produção.

As lanternas e as rodas de liga leve aro 15 foram escurecidas e a pintura utilizada na carroceria é a vermelho sunset.

A VW pretende produzir somente 1 mil unidades. Cada uma terá um emblema no painel mostrando o seu número de produção. Mas, como aconteceu com a Kombi, essa “regra” dos 1 mil pode abrir exceção e, a depender da demanda, a montadora poderá estender essa quantidade – especula-se 3 mil unidades. No caso da SUV, era pretendida a fabricação de 600 unidades da sua série, também chamada de Last Edition, mas foram fabricadas 1,2 mil.

Podemos levar em consideração que o Gol de despedida será produzido para um público específico, pois os valores badalados estão na casa dos R$ 120.000,00. Mas não estão fixados. Por isso, ainda podem ultrapassar essa cifra.

Falando sobre esses valores, eu creio que os “simples mortais” não o adquiram, pois pagar 120 “menininhos” ou mais para andar de Golzinho é uma senhora grana.

Mosaico traz gerações do maior fenômeno de vendas do setor automotivo do país || Montagem Quora

Para fechar a semana em clima de nostalgia – e despedida, reveja nossa coluna que fala um pouco de todas as gerações do Gol no Brasil (clique aqui e confira).

Ícaro Mota é consultor automotivo e diretor da I´CAR. A coluna é publicada às sextas-feiras.

Clique e confira mais no Instagram.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.