Rodrigo Silva foi morto neste sábado em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil ainda tenta prender os criminosos que atiraram, na madrugada deste sábado (24), em quatro pessoas que se encontravam em estacionamento de uma transportadora, na BR-101, próximo aos bairros Odilon e Manoel Leão, em Itabuna. Um dos feridos morreu no local. Ele foi identificado como Rodrigo Silva dos Santos, morador do Zizo.

Leia Mais

A vida dupla da "Gatinha da Cracolàndia"
Tempo de leitura: 2 minutos

Presa, na quinta-feira (22), por tráfico de drogas na Cracolândia, ponto famoso de concentração de usuários na região central de São Paulo, Lorraine Romero Bauer, de 19 anos, conhecida como “Gatinha da Cracolândia”, aparentava levar uma rotina normal para uma garota de classe média paulistana – fora do submundo das drogas.

Ela mora com a mãe, corretora de imóveis, o irmão e a filha de 10 meses em um condomínio fechado em Barueri, na Grande São Paulo. Desde o começo deste ano estava matriculada na faculdade de Direito de uma universidade privada paulistana.

Lorraine também tentava a carreira como modelo e, 2019, chegou a fazer contato com a agência de modelos com sede em São Paulo e filial no Rio de Janeiro. Ela chegou a trabalhar como garota propaganda de uma marca de roupas de Alphaville. Desde outubro de 2020, ela se tornou mãe de uma menina e passou a postar vídeos nas redes sociais sobre os desafios da maternidade.

ENVOLVIMENTO COM PESSOAS ERRADAS

De acordo com seu irmão, Lorruam Bauer, Lorraine “se envolveu com pessoas erradas”. “Agora ela vai pagar pelo que fez. A família de maneira alguma vai passar a mão na cabeça dela”, disse o irmão em sua página no Instagram antes de fazer o pedido para reduzir a exposição da irmã nos veículos de imprensa.

Lorraine já havia sido detida com maconha, crack e cocaína no fim de junho na cracolândia, região conhecida pela concentração de usuários de drogas no centro de São Paulo. Na ocasião, ela cumpriu a pena em prisão domiciliar e tinha permissão para sair de casa apenas para consultas médicas.

Nesta quinta, a Polícia Civil de São Paulo prendeu Lorraine sob a acusação de vender e distribuir drogas nas barracas montadas na Cracolândia. O mandado de prisão foi baseado em imagens de Lorraine circulando no fluxo, como é chamada a concentração de usuários de drogas na cracolândia. A advogada de defesa nega as acusações. Do  Metrópoles.

Polícia Civil inicia Operação Sucata em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Itabuna deflagrou, nesta sexta-feira (23), a Operação Sucata, que tem o objetivo de fiscalizar, orientar e inibir o crime de receptação de veículos.

Os policiais percorreram sete estabelecimentos e verificaram a possibilidade de irregulares. De acordo com o titular da DRFR/Itabuna, delegado Luciano Lima de Medeiros, a ação foi realizada a partir de denúncias de que alguns ferros-velhos estariam comprando produtos oriundos de furtos e roubos.

Os policiais  verificaram a existência de três oficinas sem alvará de funcionamento e os proprietários foram orientados a regularizar a situação. Nenhum material ilícito foi apreendido nas diligências. “A intenção é que esse tipo de ação seja permanente, pois também estamos agindo de forma educativa”, comentou o titular da DRFR/Itabuna.

Polícia diz que companheira matou vereador "Beto Cicatriz"
Tempo de leitura: 2 minutos

Agentes da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior e da Delegacia Territorial (DT) de Alagoinhas prenderam, nesta quinta-feira (22), uma mulher de 52 anos,  acusada pela morte do vereador de Irará José Roberto Alves de Oliveira,58. A pessoa detida era companheira do político. “Beto Cicatriz”, como era conhecido, foi assassinado no dia 11 deste mês.

De acordo com a Polícia Civil, a relação do vereador com sua parceira era muito tumultuada e repleta de brigas – inclusive em relação a uma propriedade rural do político. Ao iniciarem as investigações, as unidades obtiveram a informação de que, na madrugada do crime, ela e um homem saíram de um condomínio em Arembepe em direção à zona rural de Irará – o que foi confirmado por imagens às quais os policiais tiveram acesso.

A investigação mostrou as contradições no depoimento da mulher dias antes. “Ela alegou estar em casa na data do crime e que tomou conhecimento do crime por meio de uma ligação telefônica. O homem apontado como comparsa na empreitada criminosa desapareceu, o que reforçou as suspeitas. Após outras diligências que confirmaram o envolvimento de ambos, foram pedidos os mandados de prisão temporária”, explicou o coordenador da 2ª Coorpin, delegado Fábio Santos da Silva.

HOMEM ENTROU NA CASA DA VÍTIMA COM AJUDA DE MULHER

O policial conta que a investigação se iniciou no dia do homicídio. “Equipes da 2ª Coorpin se deslocaram ao local e colheram as informações. Chegando lá, a gente teve a informação de um carro preto que participou do crime. Após a identificação da placa do veículo, descobrimos toda a trajetória dele, desde o horário em que ele saiu”.

Segundo o delegado, a então companheira de “Beto Cicatriz” autorizou a entrada do comparsa, agora foragido, no condomínio, e saiu com ele no carro. “O tempo do retorno do carro ao condomínio condiz com o tempo de viagem do local do crime ao condomínio. Temos uma vasta documentação em provas que denotam a participação dos dois no homicídio”, disse o delegado, que informou ainda que a suspeita exerceu o seu direito de permanecer calada.

Segundo a Polícia Civil, crimes ocorreram no ano passado, no bairro Nossa Senhora da Vitória
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quarta-feira (21), em Ilhéus, investigadores da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) prenderam um homem de 23 anos suspeito de tentar matar três pessoas. Segundo a Polícia Civil, as tentativas de homicídio ocorreram no bairro Nossa Senhora da Vitória, no ano passado, e têm relação com a rivalidade entre traficantes de drogas.

No dia 20 dia agosto de 2020, um homem foi atingido por 21 disparos de arma de fogo no bairro. No mês seguinte, a irmã dessa vítima também sofreu um atentado a tiros. O jovem preso ontem é suspeito de ser o autor dos dois crimes. A Polícia não deu informações sobre o terceiro caso com o qual ele teria envolvimento.

O delegado Helder Carvalhal de Almeida, do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin, explicou que o suspeito agiu para retaliar ações de outras quadrilhas criminosas.

“Sabemos que um comparsa dele já foi preso no final de 2020, pela Polícia Militar. Vamos continuar atuando para efetuar outras prisões”, concluiu o delegado.

Polícia Federal cumpre mandados no sul da Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

A Polícia Federal cumpriu, nesta quinta-feira (22), mandados de busca e prisão nos municípios de Santa Luzia Canavieiras, no sul da Bahia; em Vitória da Conquista e Guanambi, no sudoeste; e Porto Seguro, no extremo sul da Bahia. A ação faz parte da Operação Animus Fraudandi para combater fraudes aos Benefícios Emergenciais.

De acordo com a PF, no sul da Bahia são quatro mandados de busca em endereços de acusados de envolvimento no esquema montado para recebimento indevidos do programa criado para socorrer a população com dificuldades financeiras durante a pandemia do novo coronavírus.

A PF informou que estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de sequestro de bens,  totalizando cerca de R$ 60 mil bloqueados por determinação judicial. Além da Bahia, as ações ocorrem nos estados do Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Santa Catarina, com a participação de aproximadamente 120 policiais federais.

AÇÃO CONJUNTA

Os trabalhos realizados são resultantes de uma união de esforços denominada Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, da qual participam a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa , Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.

Os objetivos da atuação interinstitucional conjunta são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas, com a responsabilização de seus integrantes, além de recuperar os valores para o erário.

A Polícia Federal já realizou a deflagração de 114 operações policiais, visando ao combate às fraudes aos benefícios emergenciais, com a expedição de mais de 443 mandados de busca e de 50 mandados de prisão.

SIGNIFICADO

A operação foi batizada Animus Fraudandi, expressão latina que significa intenção de fraudar, que remete ao caráter fraudulento e intencional dos desvios de valores identificados no curso das investigações.

Destaca-se que em razão da atual crise de saúde pública, foi adotada logística especial de preservação do contágio com distribuição de EPI’s a todos os envolvidos, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas e investigados.

Polícia apreende medicamento falsificado em Irecê
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dezenas de caixas falsificadas de um medicamento natural foram apreendidas, na terça-feira (20), em Irecê, durante ação conjunta da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e da DT, daquele município.

Um homem foi preso em flagrante e autuado por crime contra a saúde pública. As 89 caixas estavam armazenadas em um depósito, no centro da cidade. A prisão e as apreensões ocorreram após um representante da empresa denunciar a ação delituosa.

Segundo o coordenador da 14ª Coorpin, delegado Ernandes Reis, o produto adulterado era revendido em várias cidades da região. “As investigações continuam para identificar o local onde é produzido o medicamento fraudado”, acrescentou.

Ferramenta foi lançada hoje (20), durante ato no Centro de Operações e Inteligência da Segurança Pública
Tempo de leitura: < 1 minuto

Registrar ocorrências policiais com mais agilidade, eficácia e menor custo é uma das grandes vantagens do Procedimento Policial Eletrônico (PPE), sistema lançado hoje (20) no Centro de Operações e Inteligência da Segurança Pública (COI/SSP), em Salvador.

O secretário da Segurança Pública Ricardo Mandarino, o subsecretário delegado Hélio Jorge Paixão, superintendentes da pasta, a delegada-geral Heloísa Campos de Brito, a delegada-geral adjunta Elâine Nogueira e diretores de departamentos da Polícia Civil participaram da apresentação do sistema.

A delegada-geral Heloísa Campos de Brito destacou a importância do compromisso de servidores e da sociedade para a eficácia do PPE. “Trata-se de um grande progresso tecnológico e histórico para a Polícia Civil da Bahia, contudo, como todo avanço digital, demanda adaptação e conhecimento para o domínio mais eficaz da ferramenta. Neste diapasão é indispensável o empenho de todos para o domínio da ferramenta”, avaliou.

O coordenador-geral do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), Rafael Rodrigues, destacou outras vantagens do sistema. “A ferramenta permite o compartilhamento dos boletins com outros estados, facilitando a troca de informações, além do aproveitamento dos dados nos procedimentos, além de não haver custos com a implantação, manutenção e evolução”.

Guarnição da Cippa encontrou 19 pássaros e 1 preá em propriedade na zona rural || Foto Polícia Militar
Tempo de leitura: < 1 minuto

Na última quinta-feira (15), durante patrulhamento na zona rural de Ilhéus, policiais militares da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa) localizaram uma propriedade onde animais silvestres eram mantidos em cativeiro de forma ilegal.

No imóvel, segundo a Polícia Militar (PM), a guarnição resgatou 5 periquitos, 6 papa-capins, 6 canários-da-terra, 1 curió, 1 chorão e 1 preá, todos da fauna da Mata Atlântica. Os animais foram levados para a unidade do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídrico) em Itabuna.

Ainda de acordo com a PM, um homem que estava no imóvel fugiu para a mata quando avistou os policiais chegando.

A ocorrência foi registrada na 7ª Coordenação de Polícia do Interior (Coorpin), delegacia de Ilhéus. A guarnição responsável pelo resgate pertence à Cippa de Porto Seguro.

Drogas são incineradas em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Itabuna incineraram, nesta sexta-feira (16), 1.166 quilos de maconha. Acompanhada por fiscais da Vigilância Sanitária, a destruição dos entorpecentes foi realizada na Empresa de Tratamento de Resíduos.

Foram incinerados ainda 1,5 quilos de cocaína e 2 Kg de crack. “As drogas estavam apreendidas na DTE há cerca de um mês e resultaram na instauração de inquéritos policiais com indiciamento de vários traficantes, fornecedores e integrantes de grupos criminosos”, explicou o titular da DTE, delegado Fábio José Vieira Simões.

Suspeitos foram presos em Salvador por investigadores da Dercca
Tempo de leitura: < 1 minuto

Investigadores da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) prenderam, nesta quinta-feira (15), em Salvador, um casal que tentou vender a filha recém-nascida por R$ 9 mil. A criança nasceu no dia 13 de julho em uma maternidade no bairro de Cajazeiras. Segundo a Polícia Civil, antes do parto, a mãe negociou a venda do bebê com um casal de São Paulo.

Titular da Dercca, a delegada Simone Moutinho explicou que os dois interessados na menina vieram para Salvador e um deles já havia registrado a criança como se fosse o pai dela. “Ele entrou na maternidade junto com a genitora e já tinha feito a certidão de nascimento no cartório, com o sobrenome dele”, detalhou.

O homem deve responder criminalmente por registrar como seu o filho de outra pessoa. Já o pai e a mãe da recém-nascida foram atuados com base no artigo 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê reclusão de até 4 anos para quem prometer ou efetivar a entrega de filho a terceiros mediante pagamento.

A delegada Simone Moutinho salientou que a adoção legal, que é feita com a intermediação da Justiça, assegura todos os direitos de pais, filhos e adotantes.

"Sabão" foi morto em 2018
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem suspeito de matar Daniel Santos Barbosa, de 21 anos, em 2018, em Ilhéus, no sul da Bahia, foi preso na quarta-feira (14), após investigação de policiais da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). O acusado também tentou matar a companheira de Daniel, que estava grávida.

O mandado de prisão foi cumprido no Sul do país, na cidade de Brusque, no estado de Santa Catarina. “O crime está relacionado à disputa entre grupos criminosos pelo domínio de territórios para a comercialização de drogas na cidade de Ilhéus”, disse o coordenador da 7ª Coorpin, delegado Evy Paternostro. O mandado de prisão foi cumprido com o apoio da Divisão de Investigações Criminais de Brusque da Polícia Civil de (SC).

CRIME
Daniel, que era mais conhecido como Sabão, e sua companheira de 18 anos, grávida de nove meses, saíram para comprar cigarro e quando passavam por um beco no Alto Formoso, no bairro Conquista, foram surpreendidos por dois homens. Eles efetuaram diversos disparos contra o casal e Daniel morreu no local. A companheira foi levada para o Hospital Regional Costa do Cacau. Ela e a criança sobreviveram.

De acordo com o delegado, o acusado foi encaminhado para a custódia da Unidade Prisional Avançada de Brusque, de onde será recambiado para a Bahia. “Já o comparsa dele, considerado como uma das lideranças do tráfico em Ilhéus, segue sendo procurado”, explicou o delegado.

Caso tenha informações do outro suspeito de praticar esse crime, basta entrar em contato com o Disque Denúncia da Polícia Civil da Bahia por meio do número 181.

CPI foi prorrogada por 90 dias
Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, leu, durante as votações em Plenário nesta quarta-feira (14), o requerimento de prorrogação da CPI da Pandemia. O autor do requerimento é o vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Com a leitura, a comissão de inquérito está oficialmente prorrogada por mais 90 dias. A CPI da Pandemia foi instalada em 27 de abril com prazo inicial de três meses de funcionamento. Com a prorrogação, as investigações prosseguem até o começo de novembro. O objetivo é investigar suspeitas de irregularidades cometidas e possível omissão do governo federal na negociação para compra de vacinas contra a Covid-19.

O presidente da CPI da Pandemia é o senador Omar Aziz (PSD-AM). O relator é o senador Renan Calheiros (MDB-AL(. Nesta quinta-feira (15), a comissão colherá o depoimento do procurador da empresa Davati Medical Supply no Brasil, Cristiano Carvalho.

Adernoel Mota foi atingido por dois tiros em Luís Eduardo Magalhães, em março deste ano
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu hoje (14) três suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio contra o vereador Adernoel Mota de Santana (PTC), de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. O crime ocorreu no dia 17 de março deste ano, quando o parlamentar foi atingido por dois disparos de arma de fogo, na mesma cidade.

No dia 18 de março, Dé do Sol do Cerrado, como o vereador é conhecido, passou por cirurgia no Hospital Geral do Oeste, em Barreiras. Recuperado, voltou à Câmara em abril.

INVESTIGAÇÃO APONTA EXISTÊNCIA DE MANDANTE

O delegado Leonardo Almeida, da Delegacia Territorial de Luís Eduardo Magalhães, disse que os três suspeitos agiram a mando de uma quarta pessoa. “As investigações prosseguem, com o intuito de chegar até o mandante da ação delituosa”, acrescentou.

Batizada de Operação Cerrado, a diligência desta quarta-feira teve o apoio da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Barreiras). Os suspeitos foram presos na zona rural de Barreiras, nas imediações da Cachoeira do Redondo.

A Polícia Civil vai pedir que a Justiça converta as prisões temporárias em preventivas, ou seja, sem tempo determinado. O trio ficará detido no Conjunto Penal de Barreiras.

Segundo o delegado Leonardo Almeida, um dos presos já era alvo de mandado de prisão por homicídio.

PMs são mortos em Vitória da Conquista|| Foto Blog do Anderson
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois policias militares foram mortos a tiros, na manhã desta terça-feira (13), na zona rural de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Eles eram lotados na 92ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

O crime aconteceu no distrito de Josué Gonçalves no fim da manhã. Segundo a Polícia Militar, os dois policiais tiveram as armas levadas pelos bandidos – um grupo de seis homens, de acordo com a Polícia Civil. As vítimas são o tenente Luciano Libarino Neves, de 34 anos, e o soldado Robson Britos Matos, de 30.

Equipes da PM continuam nas ruas em buscas dos suspeitos, diz a corporação. O caso é investigado pela 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Conquista), que também está nas ruas.

Em nota de pesar, o Comando de Policiamento da Região Sudoeste informou que Luciano deixa esposa e um filho, enquanto Robson também deixa esposa e filha. “Lotados na 92ª CIPM, Companhia Rural de Vitória da Conquista, ambos eram profissionais dedicados e de condutas ilibadas. Prestamos aqui nossas homenagens póstumas ao tempo que nos solidarizamos com os familiares e amigos. As informações sobre o velório e sepultamento serão divulgadas em momento oportuno”, diz trecho do documento. Do Correio 24h.