O prefeito Mário Alexandre e a primeira-dama Soane Galvão: parceria política nos planos da família
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), cozinha a reforma administrativa do seu segundo mandato em banho-maria. Já aprovado pela Câmara de Vereadores de Ilhéus, o Projeto de Lei nº 039/2021 ainda não foi sancionado. Se pairam dúvidas sobre as mudanças por vir, a volta da primeira-dama Soane Galvão ao governo “é muito provável”, segundo o próprio prefeito, que conversou com o PIMENTA no início da tarde desta quinta-feira (6), no intervalo entre uma correria e outra da visita do governador Rui Costa (PT) ao município.

O nome da primeira-dama “é uma das grandes alternativas” para a composição do novo time de secretários, porque “ela já provou o que pode fazer na Secretaria de Desenvolvimento Social”, disse o prefeito, referindo-se ao período em que Soane dirigiu a pasta, em 2017. “Inclusive, amanhã vou receber um ônibus por reconhecimento do Ministério da Cidadania pelos avanços da assistência social, o que começou através de Soane”, informou Mário Alexandre.

Quando o prefeito já se afastava para acompanhar o governador, perguntamos se a primeira-dama ocupará a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação, que será transformada numa superpasta com a reforma administrativa. “É, quem sabe? É o investimento que nós temos. Ilhéus hoje está no boom do investimento e ela é capaz de articular com todas as empresas que têm interesse em investir na cidade”, sinalizou Marão.

A possibilidade de Soane Galvão assumir a pasta de Desenvolvimento Econômico foi levantada ao site por duas fontes que acompanham de perto as movimentações no governo.

Ao PIMENTA, a primeira-dama, que também acompanhou a comitiva do governador da Bahia em Ilhéus, disse que o martelo para sua volta ao governo municipal ainda não está batido. “Mas, se ele [o prefeito] ordenar, com certeza estarei aqui para contribuir para o desenvolvimento da nossa região”.

Perguntamos se ela já tem uma legenda em vista para se filiar, considerando que seu nome é cotado para disputar vaga na Assembleia Legislativa da Bahia em 2022. “Não, porque o projeto ainda não está firmado, mas certamente escolheremos um [partido] bem viável”, respondeu Soane Galvão.

O governador Rui Costa em visita a Ilhéus nesta quinta-feira (5), acompanhado pelo prefeito Mário Alexandre (PSD), a primeira-dama de Ilhéus, Soane Galvão, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) e oficiais da Polícia Militar || Foto Clodoaldo Ribeiro
Tempo de leitura: < 1 minuto

Há quem já tenha perdido as contas das vezes em que o Governo do Estado anunciou que tiraria a duplicação da BR-415 do papel. O governador Rui Costa (PT) ainda estava no seu primeiro mandato, em outubro de 2017, quando chamou de “pessimismo” a desconfiança sobre a viabilidade do empreendimento.

Naquela época, falava com o respaldo de duas obras do seu governo no Sul da Bahia, o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, e a barragem de Itapé. “Esse pessimismo que existia na região, depois de Rui Costa, ficou para trás. Não é mais projeto, não é mais power point”, disse Rui – relembre aqui

Quase quatro anos após o anúncio de que a obra da duplicação começaria em fevereiro de 2018, nesta quinta-feira (6), durante visita a Ilhéus, o governador evitou pergunta sobre a rodovia. Num tom bem-humorado, disse apenas que vai abordar o assunto nesta sexta-feira (7), em Itabuna. “Da BR eu dou notícia amanhã, é a surpresa de amanhã. Cada surpresa um dia, senão amanhã vocês não vão me encontrar”. A tirada arrancou sorrisos das pessoas em volta.

Após a inauguração da Ponte Jorge Amado e a duplicação de trecho da BA-001 (veja aqui), Rui tem mais duas obras de impacto no currículo para reivindicar a confiança da população sulbaiana na sua palavra, especialmente se a “surpresa” desta sexta-feira estiver à altura dos grandes (e antigos) planos para a rodovia que liga Ilhéus a Itabuna.

Governador faz entrega oficial da duplicação da BA-001 na Zona Sul de Ilhéus e autoriza construção de escola na Barra de Taípe
Tempo de leitura: 2 minutos

Nesta quinta-feira (6), em visita a Ilhéus, o governador Rui Costa (PT) disse que sua gestão entrará para a história como a que mais investiu no Sul da Bahia. “Eu tenho muito orgulho de finalizar o ano que vem o meu governo e poder encher o peito, abraçar o povo da região sul e dizer: na história da Bahia, nunca houve governo que investisse tanto nessa região como o nosso, em várias áreas, saúde, infraestrutura”, disse o petista, que atendeu a imprensa no Colégio da Polícia Militar Rômulo Galvão, no bairro Pontal.

O sol das 12 horas, a aglomeração inevitável para uma comitiva política e a pandemia contribuíram para que a entrevista ocorresse à sombra de uma árvore, no pátio da escola, ao ar livre. Na mira dos celulares e câmeras, Rui afirmou que a duplicação do trecho de 5,4 quilômetros da BA-001 coroa o pacote de investimentos na Zona Sul de Ilhéus. “E não podia ser diferente, com uma ponte bonita dessa, que é um novo cartão postal da cidade e da região”, acrescentou, citando a Ponte Jorge Amado e suas vias de acesso. Conforme a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), a duplicação da rodovia custou R$ 10,5 milhões.

Lembrados pelo governador, equipamentos de saúde também estão na lista de obras do Estado na cidade, a exemplo do Hospital Materno-Infantil, com previsão de entrega para o próximo mês, e do Hospital Costa do Cacau.

ZONA NORTE

Depois de destacar a presença do seu governo na Zona Sul, Rui anunciou que voltará suas atenções para a Zona Norte da cidade, onde o avanço do mar causa estragos sociais, econômicos e ambientais. “Hoje, aproveitei para olhar a Zona Norte, que precisa também de uma requalificação. Então, eu já anuncio aqui a minha determinação para o secretário da Seinfra, Marcus Cavalcanti, que nós vamos requalificar também a Zona Norte. Isso tudo para devolver a Ilhéus esse prestígio”.

ESCOLA NA BARRA DE TAÍPE

Mais cedo, por volta das 10h30, Rui Costa foi ao antigo Centro Social Urbano (CSU), na Barra de Taípe, onde assinou ordem de serviço para a construção de uma escola com investimento de R$ 18,5 milhões. O prédio vai ter 25 salas de aula, auditório, biblioteca, laboratórios, sala multifuncional, campo de futebol society e quadra poliesportiva, além da copa e áreas reservadas a professores e gestores.

UNIDADES DA POLÍCIA MILITAR

A agenda corrida do governador incluiu visitas a unidades da Polícia Militar em Ilhéus. “Nós estamos visitando para requalificar esses espaços. No batalhão, vamos colocar grama sintética, pista de cooper, cobrir a quadra”, afirmou.

O governador visitou, ainda, o 2º Batalhão da Polícia Militar. “Eu tive a grata surpresa de saber que aquele batalhão foi edificado ainda em 1800, e nós vamos fazer investimentos ali, inclusive a construção de um auditório que o comandante pediu para que possa servir de treinamento para a unidade”, garantiu.

Tempo de leitura: 2 minutos

Rosemberg (à esq.) com o governador Rui Costa em Ilhéus, no sul da Bahia

O líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Rosemberg Pinto (PT), acompanhou, nesta quinta-feira (6), o governador Rui Costa (PT), em Ilhéus, durante a entrega da obra de duplicação da BA-001, na Orla Sul, e a assinatura da ordem de serviço para construção de uma escola de tempo integral. Rosemberg também afirmou que “não há um governador que trabalhou tanto pela nossa região [quanto Rui Costa]”.

Na sexta (7), Rosemberg acompanha o líder baiano na entrega do Semi-Anel Rodoviário de Itabuna, obra solicitada pelo parlamentar baiano. A duplicação do trecho de 5,4 quilômetros da BA-001, entregue hoje em Ilhéus, recebeu R$ 10,5 milhões em investimentos do governo da Bahia. “É um equipamento maravilhoso que melhora a trafegabilidade e requalifica esta saída sul para quem sai de Ilhéus sentido Olivença, Canavieiras. É o governador Rui Costa fazendo mais e melhor pelo Litoral Sul”, celebrou Rosemberg.

NOVA ESCOLA

O novo colégio receberá cerca de R$ 18,5 milhões para construção de 25 salas de aula, auditório para 175 lugares com camarins e área técnica, biblioteca, secretaria, diretoria, coordenação pedagógica, sala de professores, de multimídia, laboratórios de línguas, de informática, dois laboratórios de ciências, sala multifuncional, sala de dança e vivências corporais, copa e sanitários, além de quadra poliesportiva coberta com arquibancada e campo de futebol society.Leia Mais

Augusto manteve audiências com Paulo Magalhães, ministra Flávia Arruda e Marcelo da Ponte, do FNDE, em Brasília
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito de Itabuna Augusto Castro (PSD) fez, há pouco, um balanço de sua viagem à Brasília e disse ter obtido R$ 18 milhões em emendas para obras de urbanização, ampliação e reforma de unidades de saúde e assegurado investimentos para a educação e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele também afirmou, por meio de sua assessoria, que obteve recursos para a área da alta complexidade da saúde, além de custeio para a Pasta:

– Foi uma semana muito produtiva, na companhia do nosso secretário de Infraestrutura e Urbanismo, Almir Melo, fomos recebidos pela ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Flávia Arruda, e pelo presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes Ponte, que acolheram os projetos que apresentamos e foram muito receptivos aos nossos pleitos para Itabuna – afirmou Castro.

AUDIÊNCIA COM MINISTRA E PRESIDENTE DO FNDE

Na audiência com a ministra Flávia Arruda, o prefeito de Itabuna apresentou diversos projetos estruturante. A chefe da Secretaria Geral da Presidência se comprometeu, segundo Augusto, a não apenas encaminhar as reivindicações de Itabuna, como também acompanhar as solicitações em outros ministérios. Já no encontro com Marcelo Ponte, presidente do FNDE, foram assegurados a construção de novas escolas e outros investimentos para os alunos de Itabuna.

“A liberação das emendas parlamentares e o encaminhamento dos projetos que apresentamos passa pela Secretaria Geral da Presidência. Por isso, a importância de uma boa relação com a ministra Flávia Arruda. Com o presidente do FNDE, conseguimos assegurar a construção de duas creches e três escolas. Sendo uma com seis salas, outra com duas salas para a zona rural e uma de grande porte com 12 salas e quadra de esportes na área urbana”, garantiu Augusto Castro.

Também junto ao FNDE, o prefeito de Itabuna viabilizou recursos para a aquisição de mobiliários novos para as escolas do município, livros didáticos e ônibus para o programa de Transporte Escolar. O senador Otto Alencar e o deputado federal Paulo Magalhães foram alguns dos parlamentares baianos que alocaram recursos de emendas para o município de Itabuna.

Queiroga depõe na CPI da Pandemia nesta quinta || Foto Marcello Casal Jr/ABr
Tempo de leitura: < 1 minuto

Após os depoimentos dos dois primeiros ministros da Saúde do governo do presidente Jair Bolsonaro, a CPI da Pandemia recebe nesta quinta-feira (6) o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga, às 10h, e o diretor-presidente da Agência de Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, às 14h.

Marcelo Queiroga está à frente do Ministério da Saúde desde 23 de março deste ano. O médico cardiologista assumiu o cargo com o desafio de chefiar a pasta no pior momento da pandemia no país, quando se somavam cerca de 300 mil mortes no Brasil.

O ministro é fortemente cobrado pela vacinação em massa da população. Há poucos dias, em 26 de abril, Queiroga participou de audiência pública da Comissão Temporária da Covid-19 (CTCOVID19).

À época, Queiroga afirmou que o governo não reduziu suas metas iniciais de imunização, apenas retirou do cronograma vacinas que ainda não foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como a indiana Covaxin, que inicialmente teria previsão de 20 milhões de doses em calendário do Ministério da Saúde.

Quatro requerimentos de convocação, de autoria do relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), do vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Eduardo Girão foram aprovados pelo colegiado para o testemunho do atual titular da Saúde.

TRAGÉDIA

Para Randolfe, a constante troca de ministros da Saúde em meio à pandemia é, por si só, um enorme problema para a gestão do ministério. “Só foi possível chegar a essa situação catastrófica por conta dos inúmeros e sucessivos erros e omissões do governo no enfrentamento da pandemia da covid-19 no Brasil. O senhor Marcelo Queiroga pode ajudar esta comissão parlamentar de inquérito a elucidar se o Brasil segue no mesmo caminho de erros nesta tragédia que vivemos”, expôs o parlamentar em entrevista à Agência Senado.

Paulo Magalhães garantiu recurso de emenda a Itabuna em encontro com Augusto
Tempo de leitura: < 1 minuto

Por meio de emenda, o deputado federal Paulo Magalhães (PSD) destinou R$ 1,2 milhão para obras de infraestrutura e pavimentação urbana em Itabuna, por meio da Ação 1071, junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional. Hoje (5), o prefeito Augusto Castro (PSD) foi recebido no gabinete do parlamentar, quando tomou conhecimento da iniciativa do parlamentar baiano.

No encontro com Augusto, o parlamentar do PSD afirmou que seu mandato está a serviço de toda a Bahia. Porém, Itabuna tem uma atenção toda especial. “Minha relação com Itabuna vem de décadas. Sempre incluí a cidade em minhas emendas parlamentares. Agora, com o amigo Augusto Castro no comando da Prefeitura, essa relação aumenta”, declarou Magalhães.

“O deputado Paulo Magalhães tem contribuído bastante com a nossa administração. Essa emenda irá ajudar à execução de obras estruturante que nossa cidade tanto precisa”, disse o prefeito Augusto Castro, enfatizando que a emenda “vai ajudar muito” em uma cidade que “carece de investimentos na área de infraestrutura urbana”. O prefeito está em Brasília desde a segunda (3) em um périplo por recursos e investimentos em Itabuna.

Obras serão entregues na quinta e sexta pelo governador acompanhado do seu líder na Alba
Tempo de leitura: < 1 minuto

Autor da solicitação de reconstrução do Semianel Rodoviário de Itabuna e relator na Assembleia Legislativa do projeto que garantiu as obras de duplicação da BA-001, em Ilhéus, o deputado Rosemberg Pinto (PT) acompanha o governador Rui Costa (PT) às duas cidades do sul da Bahia, nesta quinta (5) e sexta-feira (6). O governador baiano e o líder do Governo na Assembleia Legislativa entregam aos itabunenses e ilheenses mais duas que beneficiarão todo o Litoral Sul.

“Nossa região está em crescimento. Com a Ponte do Pontal, agora a duplicação da BA-001 e com o Semianel Rodoviário de Itabuna, além dos acessos às praias de Itacaré, garantimos a ampliação do corredor logístico do estado”, comemorou Rosemberg, uma das principais lideranças políticas e principal interlocutor da região junto ao governo do Estado.

O estado investiu R$ 7 milhões para recuperar os 7,2 quilômetros do semianel rodoviário para desafogar o fluxo de veículos pesados no Centro de Iatbuna, além de atender a moradores de bairros populosos como Califórnia, Nova Califórnia, Fátima, além de grandes conjuntos habitacionais Jardim América I e II e Pedro Fontes I e II.

Outras cidades do Litoral Sul também são beneficiadas pelo semianel, a exemplo de Itacaré e Canavieiras, além de Itajuípe, Ubaitaba, Ipiaú e Coaraci, que, somadas a Itabuna, totalizam 534.914 habitantes beneficiados diretamente ou indiretamente.

BA-001

Com a construção da Ponte Jorge Amado, houve a necessidade de restaurar e duplicar um trecho da BA-001, em Ilhéus, até o entroncamento da BR-251 para dar mais fluidez ao fluxo de motoristas na rodovia. Foram 5,4 quilômetros da Orla Sul da cidade, segundo o governo, com investimento de R$ 11 milhões.

Audiência em Brasília reuniu Almir Melo, Marcelo da Ponte e o prefeito Augusto Castro
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna deverá ser contemplada com duas novas creches e três escolas, uma delas de grande porte, além de construção de quadras poliesportivas em colégios municipais, conforme pedidos apresentados pelo prefeito Augusto Castro ao presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte. Augusto se reuniu com o dirigente do FNDE nesta quarta (5), em Brasília.

O prefeito apresentou a Marcelo da Ponte pedido de obras de melhoria da infraestrutura das escolas do município, incluindo construção de quadras poliesportivas, e recursos para a construção das novas escolas.

Conforme a solicitação, são duas creches, uma escola com seis salas, outra com duas salas de aula para a zona rural e uma de grande porte com 12 salas na área urbana. “Foi um encontro muito produtivo. O presidente Marcelo Pontes gostou dos nossos projetos e nos parabenizou por estar fazendo o dever de casa”, resumiu Augusto.

TRANSPORTE ESCOLAR

Além de construção de creches e escolas, o prefeito fez mais solicitações ao dirigente do órgão do Ministério da Educação. “Na audiência, aproveitamos e encaminhamos pedidos para que sejam viabilizados recursos do FNDE para a aquisição de mobiliários novos para as nossas escolas, livros didáticos e novos ônibus do programa de Transporte Escolar”, disse Augusto, que participou da audiência acompanhado do secretário municipal de Infraestrutura e Urbanismo, Almir Melo Júnior.

Bolsonaro discursa no Palácio do Planalto || Foto Marcos Corrêa/PR
Tempo de leitura: 3 minutos

m discurso hoje (5) em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre as manifestações ocorridas no 1º de maio – Dia do Trabalho – e sobre o que chamou de “decretos subalternos” – leis estaduais e municipais que restringem a livre circulação de pessoas durante a pandemia de covid-19.

“Nas ruas, já se começa a pedir, por parte do governo, que se baixe um decreto. Se eu baixar um decreto, ele vai ser cumprido. Não será contestado por nenhum tribunal”, afirmou Bolsonaro.

O texto seria um instrumento para garantir que o Artigo 5º da Constituição seja respeitado por estados e municípios, e que seja assegurada a liberdade de ir e vir, trabalhar e realizar atividades econômicas no contexto da pandemia, explicou o presidente.

“Queremos a liberdade de fluxo. Queremos a liberdade para poder trabalhar. Queremos o nosso direito de ir e vir. Ninguém pode contestar isso”, acrescentou.

“O que o povo quer de nós é que sigamos o norte dado para esse povo, e todo o Artigo 5º. Eles querem trabalhar. Isso é crime? Querem o direito de ir e vir, ir à praia, ver um amigo. Querem o direito de ver um pastor, ir à igreja, ver seu padre. Que poder é esse dado a governadores e prefeitos?”, questionou.

Bolsonaro afirmou ainda que a comunicação, mesmo que negativa, tem sido amplamente defendida em sua gestão, e que a ampliação do acesso digital configura uma forma de defender o direito à informação, constitucionalmente previsto.

Segundo o presidente, a iminência de um novo decreto para regulamentar o Marco Civil da Internet – aprovado em 2014 – também configura instrumento de liberdade de comunicação, já que define direitos, responsabilidades e punições para o uso das redes sociais e de meios de comunicação digitais.

Sobre a comissão parlamentar de inquérito (CPI) que investiga ações de agentes públicos durante a pandemia, Bolsonaro disse que o resultado será “excepcional, no final da linha”. O presidente afirmou que a CPI demonstrará o uso incorreto de verbas bilionárias distribuídas pelo governo federal a estados e municípios.

O presidente afirmou que foi questionado por membros da CPI da Pandemia sobre aparições públicas durante os finais de semana. “Não interessa onde eu estava. Respeito a CPI. Estive no meio do povo e tenho que dar exemplo. É fácil ficar dentro do Palácio do Planalto, tem de tudo lá.”

No discurso, Bolsonaro voltou a citar o tratamento precoce como medida para o combate à pandemia. Segundo o presidente, a hidroxicloroquina contribuiu para a diminuição do pico de casos no estado do Amazonas, em especial na capital, Manaus. Segundo estudos, o medicamento não tem eficácia comprovada contra a covid-19.

Bolsonaro afirmou também que a revisão de termos contratuais com empresas que fornecem vacinas ao Brasil só foi possível com a ação do Congresso.

Um dos exemplos citados foi o da farmacêutica norte-americana Pfizer, que em um primeiro momento apresentou contrato se eximindo de responsabilidade por eventuais efeitos colaterais da vacina. “O que mais queremos é nos livrar desse vírus e voltar à normalidade”, concluiu o presidente.

Bolsonaro comentou a origem do novo coronavírus. “Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que estamos enfrentando uma nova guerra?”, questionou. “É um vírus novo. Ninguém sabe se nasceu em laboratório ou se nasceu por um ser humano ingerir um animal inadequado. Qual país que mais cresceu seu PIB [Produto Interno Bruto]? Não vou dizer.”

No discurso, o presidente aproveitou a presença de membros do Legislativo e defendeu o voto impresso auditável no país. Ele afirmou que, se promulgado, o canhoto impresso auditável estará presente nas eleições de 2022.

“Nós queremos e o povo quer o voto auditável. Qual o problema disso? Aqueles que acreditam que não há fraude, por que ser contra?”, disse o presidente, que complementou afirmando que não haverá contestação de constitucionalidade se a medida vier a partir do Congresso Nacional.

Bolsonaro citou, ainda, o motorista brasileiro Robson do Nascimento de Oliveira, que foi preso em fevereiro de 2019 com duas caixas do composto cloridrato de metadona. A substância portada por Oliveira é legalizada e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso no Brasil, mas é ilegal na Rússia.

Segundo informou Bolsonaro, a pena prevista para o caso de Robson poderia chegar a 20 anos. No entanto, o presidente declarou que graças à articulação iniciada pelo então ministro Ernesto Araújo, o brasileiro recebeu indulto do presidente russo, Vladimir Putin. Em publicação nas redes sociais, Bolsonaro informou que o motorista já embarcou com destino ao Brasil e que o avião deve pousar às 19h30 no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Agência Brasil.

Secretário Almir Melo, ministra Flávia Arruda e prefeito Augusto Castro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Augusto Castro foi recebido pela ministra da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda, nesta terça (4), em Brasília. Na audiência, Augusto apresentou demandas à ministra, incluindo projetos estruturantes para Itabuna. Da reunião, também participou o secretário de Infraestrutura e Urbanismo de Itabuna, Almir Melo Júnior.

Segundo o prefeito, a ministra foi muito receptiva e se comprometeu em encaminhar aos Ministérios as reivindicações de Itabuna. “A ministra Flávia Arruda foi muito solícita às nossas demandas. Prometeu não só encaminhar nossos pedidos, como também acompanhar o andamento dos projetos junto aos outros ministérios”, disse Augusto.

Além da reunião com a ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Augusto terá contatos com outras autoridades federais, além de senadores e deputados da bancada baiana. “Nos comprometemos, na campanha, a não medir esforços na busca de investimentos para os projetos estruturante que apresentamos a sociedade de Itabuna. Estamos empenhados nessa busca para proporcionar melhor qualidade de vida a nossa gente”, assegurou o prefeito.

Governador também vai assinar ordem de serviço para construção de prédio escolar
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa (PT) chega a Ilhéus nesta quinta-feira (6) para entregar formalmente a requalificação e duplicação de trecho de 5,4 quilômetros da BA-001, na zona sul da cidade. A obra custou R$ 10, 5 milhões ao Governo do Estado. O ato está marcado para as 9 horas, na rotatória em frente ao Opaba Praia Hotel.

Na oportunidade, Rui também vai assinar ordem de serviço para construção de um prédio escolar com 25 salas, que sediará os colégios estaduais Rotary Renato Leite da Silva e Paulo Américo. O trabalho será coordenado pela Secretaria de Educação do estado (SEC).

O petista também vai visitar o Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne (IME), reformado pela Prefeitura de Ilhéus, além da 70ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Lins, Rosemberg, Vilas-Boas e Zé Neto durante liberação de equipamentos e kit para Itacaré
Tempo de leitura: < 1 minuto

O município de Itacaré recebeu nesta semana vários equipamentos para as unidades básicas de saúde e também um kit odontológico que servirá para o atendimento gratuito para a comunidade. Os equipamentos foram solicitados pelo prefeito Antônio de Anízio e entregues pelo Governo do Estado da Bahia, por meio da emenda parlamentar do deputado Zé Neto.

A entrega dos equipamentos e kit ocorreu em Salvador, contando com a presença do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, do deputado federal Zé Neto, do deputado estadual Rosemberg Pinto e do secretário de Saúde de Itacaré, Ricardo Lins, representando o prefeito Antônio de Anízio. Os novos equipamentos já estão na cidade e serão implantados em várias unidades de saúde do município, segundo a assessoria do governo local.

“Itacaré foi contemplada também com outros importantes avanços na saúde, como a confirmação da desapropriação da Fundação Hospitalar e a autorização do convênio de custeio para auxiliar nas despesas do Pronto Atendimento da Unidade de Combate ao Coronavírus de Itacaré, o PA-Covid 24 horas, durante o período da pandemia”, acrescenta o prefeito Tonho de Anízio.

Tonho apontou avanços na saúde de Itacaré e agradeceu o apoio. “São avanços importantes para a saúde da nossa gente que agora, com o apoio do governador Rui Costa, do secretário de saúde Fábio Vilas-Boas, do deputado estadual Rosemberg Pinto e do deputado federal Zé Neto, estão se tornando realidade”, complementou o prefeito. Antônio de Anízio também adiantou que o município será contemplado com o Centro de Parto Normal, que é uma unidade voltada para a redução da mortalidade materna e infantil.

Leão deixa a SDE, que será assumida por Nelson Leão (à dir.), e vai para a Seplan || Foto GovBA
Tempo de leitura: < 1 minuto

O vice-governador João Leão deixará o comando da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), mas não sairá do Governo Rui Costa. Leão vai assumir a Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan), ainda hoje comandada pelo ex-senador Walter Pinheiro. Deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Leal, que também é do PP (Progressistas), vai ocupar a cadeira de Leão.

As mudanças foram anunciadas pelo governador Rui Costa no início da noite desta terça (4) durante o programa Papo Correria. As nomeações de Leal e Leão serão publicadas na edição desta quarta (5) do Diário Oficial do Estado (DOE). O governador também adiantou que outras mudanças serão confirmadas ainda nesta semana.

A ida de Leal para a SDE e o remanejamento de Leão para a área do Planejamento já era esperada. O próprio vice-governador antecipou a mudança à imprensa há cerca de três meses, quando das negociações para a presidência da Assembleia Legislativa.

Nelson Leal presidia a Alba, cargo para o qual foi eleito em acordo com a base governista. O mesmo acordo de rodízio, de 2019, “dava” a presidência do Legislativo a Adolfo Menezes. O PP quis “melar” o acordo, mas Rui Costa e demais partidos da base fizeram valer o que havia sido definido há dois anos.

O médico André Cezário, diretor do Centro Covid de Ilhéus || Foto Fábio Roberto
Tempo de leitura: < 1 minuto

O jornalista Fábio Roberto informou no seu site que a Secretaria de Saúde (Sesau) de Ilhéus vive clima de despedida nesta terça-feira (4). Isto porque, segundo ele, o titular da pasta, Geraldo Magela, está de saída da Sesau, que será comandada pelo médico André Cezário, atual diretor da Central Covid de Ilhéus.

Segundo Fábio, Magela vai continuar no governo, mas longe da Sesau, trabalhando no projeto dos 500 anos de Ilhéus.

Na tarde desta terça (4), o secretário Geraldo Magela disse ao PIMENTA que não há informações oficiais sobre as mudanças especuladas.