Carga horária pode ser compensada, informa sindicato patronal || Foto PMI/Arquivo 2018
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus (Sicomércio) sugeriu que as empresas associadas permitam que seus empregados tenham a oportunidade de assistir aos jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, que será disputada no Catar, de 20 de novembro a 18 de dezembro.

Consultado pelo PIMENTA, o Sindicato reforçou que a liberação não é obrigatória e esclareceu que lojistas e comerciários podem entrar em acordo sobre a compensação do tempo de trabalho. A recomendação é para que os trabalhadores sejam liberados 30 minutos antes de cada jogo do Brasil.

JOGOS DO BRASIL

A estreia da Seleção será no dia 24, uma quinta-feira, às 16h (horário de Brasília), contra a Sérvia, na primeira rodada do Grupo G. No dia 28 (segunda-feira), às 13h, o selecionado do técnico Tite enfrentará a Suíça. O Brasil fecha sua participação na fase de grupos contra Camarões, no próximo dia 2 (sexta-feira), às 16h.

Comércio de Ilhéus funcionará apenas com atividades essenciais e de baixo risco || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Começou nesta quinta-feira (11) a programação especial do comércio de Ilhéus nas vésperas do Dias dos Pais. Hoje e amanhã (12), as lojas da cidade vão funcionar até as 20h e, no sábado (13), das 9h às 18h.

De acordo com a Prefeitura de Ilhéus, na próxima segunda-feira (15), o comércio ficará fechado em razão do feriado de Nossa Senhora das Vitórias, padroeira diocesana do município.

Em sentido horário: Marcelo Barreto, Maurício Galvão, Soane Galvão e Vinicius Briglia || Reprodução/Instagram
Tempo de leitura: < 1 minuto

A secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Ilhéus, Soane Galvão, revelou que a Prefeitura discute o reordenamento do comércio e da Passarela do Álcool, área boemia do bairro Pontal, na zona sul da cidade.

“Comércio em pauta. Quinta-feira produtiva, discutindo o reordenamento do comércio da cidade e da Passarela do Álcool em Ilhéus”, escreveu a secretária e primeira-dama, na manhã de hoje (6), em publicação numa rede social.

Soane não deu mais detalhes sobre a reunião com o secretário municipal de Ordem Pública, Marcelo Barreto, o superintendente de Desenvolvimento Econômico, Maurício Galvão, e o advogado Vinicius Briglia, assessor municipal.

Prefeitura corrigiu comunicado feito às 17h desta segunda-feira (25).
Tempo de leitura: < 1 minuto

As atividades de todo e qualquer estabelecimento comercial e de instituições financeiras, com exceção daqueles considerados essenciais, continuarão suspensas em Ilhéus nesta segunda (13). O último decreto municipal prorrogou e regula até terça-feira (14) o funcionamento do comércio de qualquer natureza, quando nova medida deve ser adotada pelo Gabinete de Crise da Prefeitura de Ilhéus.

O comitê se reúne nesta segunda-feira (13) para tomar novas medidas. O município atingiu 40 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) neste domingo. Desde a sexta (10) até o domingo (12), o total de casos saltou de 29 para 40. Município possui cenário de transmissão comunitária.

O secretario estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, fez alerta quanto à situação preocupante em Ilhéus, principalmente nos últimos dias. O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, reiterou o alerta de Villas-Boas solicitando que as pessoas mantenham o distanciamento social.

Estabelecimentos com funcionamento irregular são fechados
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma ação conjunta da Prefeitura de Ilhéus e do Programa Estadual de Proteção ao Consumidor (Procon), com apoio da Polícia Militar, resultou em interdição de mais de 50 estabelecimentos comerciais no município, na quinta-feira (9). O fechamento ocorreu nos bairros Malhado, Teotônio Vilela, Nelson Costa e Hernani Sá e os comerciantes autuados.

A fiscalização também foi realizada na Central de Abastecimento. “A feira do Malhado não tem apenas serviços essenciais, como supermercados, açougues, peixarias e hortifrutigranjeiros, mas também bares, restaurantes e barbearias, que estavam funcionando e tivemos que interditar por descumprir o decreto municipal”, explicou o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Leonardo Gomes Bandeira.

O comandante informou que praticamente todos os comerciantes não autorizados sabem que não podem abrir o estabelecimento. “Não há resistência e a maioria obedece a fiscalização. É importante que todos se conscientizem que nosso trabalho é para proteger a população, pois essa é uma questão de saúde pública. Fiquem em casa, estamos nas ruas por sua saúde”, disse.

AUMENTO DE DENÚNCIAS

De acordo com o chefe da Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Ilhéus, João Paulo Valverde, o número de denúncias é grande, o que demonstra que muitas pessoas não estão levando a sério o risco de saúde em razão do coronavírus. “Estamos com equipes dia e noite com forte fiscalização em várias localidades, pois o pessoal não está respeitando. Também orientamos os comerciantes autorizados sobre a determinação quanto ao uso dos equipamentos de proteção individual, como máscaras, álcool gel e luvas”, frisou.

As denúncias podem ser feitas pelos telefones (73) 99982-9490/ (73) 99909-2265 ou (73) 99981-1706, das 8h às 18h. O serviço também funciona das 18h às 23h, com números (73) 99913-1356 (73) 99857-8690.

Comércio de Ilhéus funcionará apenas com atividades essenciais e de baixo risco || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Ilhéus (CDLI) emitiu recomendações aos seus associados para suspender, temporariamente, o atendimento presencial nas lojas que não vendem produtos de necessidades básicas. O presidente da CDL, Valderico Junior, colheu as opiniões de conselheiros e membros da entidade na quinta-feira (19).

Segundo o presidente, o conselho representativo entendeu que chegou a hora de adotar medidas duras para proteger a saúde dos trabalhadores, consumidores, lojistas e seus familiares. “Os comerciantes de produtos essenciais podem reduzir as jornadas, diminuindo os riscos para os vendedores. Isso com todos os cuidados de higiene. Alguns países controlam o número de pessoas que entram ao mesmo tempo em mercados, farmácias. Tudo para evitar aglomerações”, explica.

A CDL também recomenda a suspensão das atividades presenciais nos casos em que o trabalho possa ser feito a distancia, nas casas dos trabalhadores.

– Conversei com muitos comerciantes ontem. O clima é de muita insegurança sobre o que devem fazer. Graças a Deus, a postura que prevalece é a da responsabilidade com a vida das pessoas. Ilhéus não tem caso confirmado, mas, a gente não tem que esperar isso acontecer para agir. O primeiro grande esforço é preventivo – avalia o presidente da CDL.

Valderico: apelo ao bom senso || Jornal Bahia Online

Valderico sabe que a recomendação da CDL é severa. “Estamos falando de comércio e serviços, as atividades mais importantes da nossa economia, mas a gente tem que aprender com a experiência dos outros lugares. A restrição do contato social é o meio mais eficaz para impedir que o vírus contamine muitas pessoas rapidamente. Só assim os hospitais vão ter condições de cuidar dos pacientes mais graves”.

Também deu o exemplo das medidas adotadas mesmo em cidades reconhecidas pela força do setor comercial. “O Shopping Jequitibá anunciou a suspensão do funcionamento em Itabuna. Feira de Santana fechou o comércio”.

APELO AO BOM SENSO

O presidente esclarece que a recomendação da CDL, como o próprio nome explicita, “não tem a força de uma lei, mas é um apelo ao bom senso”.

De acordo com Valderico, a CDL também vai propor à Prefeitura de Ilhéus um debate sobre o que pode ser feito para diminuir o impacto dos tributos municipais no setor produtivo. “O município e as entidades representativas têm um papel fundamental nesse momento. Temos que unir forças para proteger a vida da população e reduzir os impactos sociais e econômicos da pandemia. Estamos em guerra contra um inimigo invisível”.

Conforme o presidente da CDL, o momento desafia o comerciante a encontrar caminhos alternativos para chegar aos clientes. “A internet está aí para os empreendedores. É possível usar as redes como canais de venda online, com entrega a domicílio, por exemplo”.