Tempo de leitura: < 1 minuto

Aldenes Meira, ao lado de João Leão, candidato a vice-governador na chapa de Rui Costa, e de Wenceslau Júnior, vice-prefeito de Itabuna
Aldenes Meira, ao lado de João Leão, candidato a vice-governador na chapa de Rui Costa, e de Wenceslau Júnior, vice-prefeito de Itabuna

Um dia após a inauguração do comitê do ex-presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, candidato a deputado federal pelo PCdoB (ver nota abaixo), outro comunista apresenta seu QG de campanha.
Neste sábado (19), Aldenes Meira, que disputa mandato na Assembleia Legislativa, abre as portas de seu comitê central, na Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio), 238, Centro de Itabuna. Lideranças políticas e militantes de vários municípios são esperados para o evento, que começa às 16 horas.
Aldenes, que tem origem no meio rural e dirigiu entidades como a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado da Bahia (Fetag-BA) e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, defende, entre outras bandeiras, o fortalecimento das políticas públicas nos territórios de identidade, apoio à agricultura familiar e à economia solidária, e a implantação da região metropolitana do Sul da Bahia. O candidato atualmente exerce mandato de vereador em Itabuna, sendo presidente do legislativo municipal.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Serviço completo: Jeová Nunes, do PT, apoia os adversários de seu partido
Serviço completo: Jeová Nunes, do PT, apoia os adversários de seu partido

O ex-prefeito de São José da Vitória, Jeová Nunes, ainda é filiado ao PT, mas só mesmo perante a justiça eleitoral. Na prática, o petista já rasgou a carteirinha e se tornou opositor e crítico do governador Jaques Wagner.
O primeiro sinal foi emitido em maio, quando Nunes anunciou apoio à reeleição do deputado estadual Augusto Castro (PSDB). Mas ainda se esperava que, no âmbito federal, ele marchasse com Geraldo Simões (PT).
O prefeito de Salvador, ACM Neto, que tem o hábito de seduzir opositores, atuou para convencer Nunes a fechar um “serviço completo”. Assim, além de Augusto, o ex-prefeito de São José decidiu também apoiar Paulo Azi (DEM) para deputado federal. De quebra, ele ainda pedirá votos para Geddel e Paulo Souto.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Este fim de semana em Itabuna terá predominância do PCdoB no cenário político. O partido mobiliza toda a sua estrutura e militância para o lançamento oficial das candidaturas de Davidson Magalhães a deputado federal e Aldenes Meira a deputado estadual.
Na sexta (18), Davidson inaugura o comitê central de sua campanha, na Avenida Princesa Isabel, no mesmo local onde funcionou o comitê do atual prefeito Claudevane Leite em 2012. Agora, os comunistas esperam que o endereço dê sorte também ao ex-presidente da Bahiagás.
Aldenes, por sua vez, agendou a inauguração de seu comitê para sábado (19), às 16 horas. O endereço é a Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio), 238, coincidentemente o mesmo onde em 2010 foi instalado o QG da campanha do deputado federal Geraldo Simões (PT).

Tempo de leitura: < 1 minuto

joao leaoO  candidato a vice-governador do estado pela chapa “Pra Bahia Mudar Mais”, João Leão, participa de encontro com prefeitos, vereadores e lideranças regionais nesta segunda-feira (14), às 14 horas, no Palace Hotel, em Itabuna.  O objetivo é discutir estratégias da campanha majoritária no sul da Bahia.
Neste fim de semana, o candidato ao governo, Rui Costa (PT), recebe lideranças em Salvador. No encontro, vai tratar sobre propostas de seu Plano de Governo Participativo, especificamente relacionadas à água e ao saneamento.

Tempo de leitura: < 1 minuto

victor bertiO apoio do partido Solidariedade (SDD) à candidatura de Paulo Souto na Bahia, imposto pela executiva nacional da legenda, já produz as primeiras baixas. Victor Berti, irmão do prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente (PDT), anunciou nesta quarta-feira (25) que não será mais candidato a deputado estadual pelo SDD e, de quebra, está se desfiliando do partido.
Berti, que tem sua principal base na região do Vale do São Francisco, era uma das promessas entre os novos nomes no cenário político. Mas o jovem de 25 anos preferiu adiar seu projeto, por não concordar com a adesão ao candidato do DEM.
Um dos motivos da insatisfação é o fato de que os Berti estão plenamente envolvidos com a pré-campanha de Rui Costa (PT). O prefeito de Sobradinho, irmão do ex-pré-candidato, é um dos coordenadores de Rui Costa (PT) no Vale do São Francisco.

Tempo de leitura: 2 minutos

JOSIAS~1Josias Gomes | josiasgomes@uol.com.br
Atravessamos um momento dos mais importantes para a continuidade do atual projeto político baiano, que envolve discernimento e coragem, para que possamos seguir em frente, sem sobressaltos.
Falo da enxurrada de números referentes a pesquisas de opinião pública, sobre a sucessão no estado, que somente podem encabular ou entusiasmar, conforme o caso, aos menos avisados.
Nós sabemos que a candidatura Rui Costa está sendo construída sob o signo da sua ligação mais estreita com o projeto vitorioso do governo Jaques Wagner, do governo Dilma, e do projeto iniciado pelo ex-presidente Lula. Este, também avalista da candidatura de Rui.
Até agora, e não poderia ser outro o caminho, a nossa ação política consiste em arrumar o palanque, organizar nossas forças, estabelecer o marketing, consolidar as linhas do nosso programa consonante com o que vem desenvolvendo o governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff.
Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

aldenes e ruiO vereador Aldenes Meira, pré-candidato a deputado estadual pelo PCdoB, comemorou neste domingo (25) o apoio declarado pelo prefeito de Brumado, Aguiberto Lima Dias (PSL), ao nome de Rui Costa (PT), que disputará a sucessão de Jaques Wagner.
O apoio do prefeito foi anunciado durante a plenária do Plano de Governo Participativo, realizada em Brumado neste domingo. Ontem, o debate em torno do PGP ocorreu em Vitória da Conquista.
Na foto, Aldenes ao lado do pré-candidato Rui Costa, festejando os frutos colhidos durante a passagem pelo sudoeste.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aldenes - fotoPré-candidato à Assembleia Legislativa da Bahia, o presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), aparece em uma lista de nomes com a cotação em alta.
Quem coloca o comunista entre os que possuem boa chance de conquistar mandato no legislativo estadual é o jornalista político Luís Augusto, que há anos acompanha o cenário político estadual e comanda o blog Por Escrito.
Augusto aponta uma tendência de renovação na Assembleia e inclui o vereador itabunense (por engano identificado como presidente da Câmara de Ilhéus) entre os que têm “chances reais de se eleger em outubro”.

Tempo de leitura: 3 minutos

Paulo_SoutoO ex-governador Paulo Souto (foto) pisou na bola nesta terça (13) ao questionar o horário de funcionamento do Hospital Otávio Mangabeira, em Salvador. Em tom de denuncismo, disse que o governo baiano cometia um absurdo. Disse ele, conforme sua assessoria:
– O funcionamento em horário comercial do Hospital Otávio Mangabeira, especializado em enfermidades respiratórias, é mais uma prova do descaso do atual governo petista com a vida das pessoas. Agora os pacientes vão ter que combinar com a doença o horário de adoecerem. Um absurdo!
Momentos depois da denúncia, o diretor do Hospital, Renan Araújo, ex-secretário da Saúde de Itabuna, rebateu o ex-governador. Renan considerou a atitude de Souto “um desespero”.
– No afã de atacar a gestão da saúde de Wagner perdeu completamente o mínimo compromisso com a verdade e parece que foi acometido de amnésia.
Funcionários que trabalham no Otávio Mangabeira há mais de 20 anos repudiaram a ação de Souto. “Por atuar no HEOM desde 1992, posso reafirmar que o hospital nunca funcionou como unidade de emergência!”, disse a servidora Joanice Macedo por meio do Facebook.
Abaixo, confira o desabafo do diretor nas redes sociais:
renan araujo2Renan Araújo
Paulo Souto partiu para o desespero. No afã de atacar a gestão da saúde de Wagner perdeu completamente o mínimo compromisso com a verdade e parece que foi acometido de amnésia.

Hoje ele “denunciou” amplamente na imprensa, com manchete bombástica que “um hospital público na Bahia funciona em horário comercial”. Refere-se o candidato do DEM ao Hospital que ora dirijo: o Hospital Otávio Mangabeira.

Esse senhor foi governador da Bahia por oito anos. Nunca, em nenhum dia da sua gestão o Otávio Mangabeira teve emergência aberta em horário noturno e finais de semana.

Não é um hospital de emergência! É um hospital especializado em doenças pulmonares que recebe seus pacientes encaminhados pela regulação e também internados a partir do seu ambulatório.

Nesse aspecto, não mudamos nada do que funcionava no período de Paulo Souto.

Mas outras coisas foram mudadas. Nos anos de Governo Jaques Wagner inúmeras melhorias foram realizadas naquele hospital. Foi implantada uma segunda UTI, reformado o ambulatório de tuberculose, ampliada e melhorada a recepção de pacientes que vão realizar exames, reformada a pediatria, realizada pintura geral, troca de camas e mobiliário, incorporados novos equipamentos e de novos serviços.

Durante a epidemia de H1N1 foi mantido aberto no Otávio Mangabeira um pronto atendimento que funcionou por meses em regime de 24 horas.

A primeira vez que visitei o Otávio, quando fui diretor da SESAB, pude verificar o estado lastimável em que Paulo Souto deixou aquela unidade. Pude também contribuir com diversas melhorias e agora tenho a honra de ser seu diretor.

Se Paulo Souto pensa que dessa maneira vai ganha votos e a eleição está muito enganado. Mentira não se sustenta!

O Hospital Otávio Mangabeira funciona 24 horas por dia todos os dias da semana, tratando de pacientes portadores de tuberculose, DPOC, tumores, pneumonia e demais doenças pulmonares e aqueles que necessitam de cuidados intensivos. Possui um quadro de profissionais da mais alta competência e dedicação no tratamento da tuberculose, na cirurgia torácica, na referência que somos em doenças pulmonares.

Serviços ambulatoriais importantes fazem parte de seu perfil: fibrose cística, DPOC, asma grave, alergologia, tratamento de tuberculose, inclusive a multi-resistente, dentre outros.

Estamos ampliando nossa capacidade de atendimento, realizando ainda mais melhorias, embalados com a chegada de inúmeros profissionais.

Se Paulo Souto fosse melhor assessorado, ou buscasse ser coerente com a sua memória, nunca abriria a boca para fabricar uma “notícia” dessa maneira.

Os servidores do Hospital Especializado Otávio Mangabeira certamente não ficarão satisfeitos com declaração tão leviana por parte de um ex-governador que pretende retornar ao comando do Estado. Os pacientes que lá estão internados e assistidos certamente não entenderão uma declaração dessas, calcada em mentira e no oportunismo.
Renan Araújo é diretor do Hospital Otávio Mangabeira e ex-secretário de Saúde de Itabuna.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou ontem (22) pedido de registro do partido Aliança Renovadora Nacional (Arena). Por unanimidade, os ministros entenderam que a legenda não tem o número mínimo de assinaturas para ser criado legalmente. Mesmo se tivesse conseguido os apoiamentos, a legenda não poderia participar das eleições. O partido deveria ser efetivado até outubro do ano passado, um ano antes do primeiro turno.
De acordo com a Lei Eleitoral, para obter registro, partidos precisam validar 0,5% dos votos registrados na última eleição para a Câmara dos Deputados. O número corresponde a cerca de 500 mil assinaturas, validadas pela Justiça Eleitoral, de pessoas que apoiam a criação da legenda.
No pedido de criação da legenda, os encaminhadores do partido alegaram que a exigência do número mínimo de assinaturas é inconstitucional, por não ser um mecanismo adequado para demonstrar a representatividade. Informações da Agência Brasil.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Augusto-Castro12-300x221Em seu perfil no Facebook, o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) escreveu que a troca do ex-prefeito de Mata de São João, João Gualberto, pelo empresário e escritor Joaci Góes, na chapa oposicionista que disputará o governo estadual, não implicou em perdas para os tucanos.
“A substituição foi feita por ajustes nas negociações e viabilizou a definição da chapa com a participação do PSDB na vice”, argumenta o deputado. Segundo Augusto, o ex-prefeito João Gualberto é uma liderança expressiva no tucanato baiano e “teve papel importante no crescimento do PSDB na Bahia”.
 “O nosso partido tem muito a agradecer a João Gualberto, que comandou com competência, por oito anos, um dos mais atraentes roteiros turísticos da Bahia e do Nordeste ”, registrou o deputado. A chapa, com Paulo Souto (DEM) na cabeça, Joaci Góes (PSDB) na vice e Geddel Veira Lima (PMDB) como candidato ao Senado, será apresentada formalmente na próxima segunda-feira (14), em Salvador.

Tempo de leitura: < 1 minuto
aniversariofilhageddel
Tucanos e democratas prestigiam aniversário da filha de Geddel

Políticos de oposição, estadual e nacional, reuniram-se ontem no aniversário da filha do peemedebista Geddel Vieira Lima, em Salvador. Estavam presentes, entre outros, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), o ex-governador Paulo Souto (DEM) e dois pré-candidatos à presidência da república: Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

A política, naturalmente, deu o tom da festa. E o que se falava entre os convivas é que a definição do representante das oposições na disputa pelo governo baiano sai entre quarta e quinta-feira da próxima semana. Geddel, o anfitrião da noite de ontem, disputa com Paulo Souto a indicação.

Tempo de leitura: < 1 minuto

aldenes em brumado

O presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), aproveitou o período momesco para reforçar contatos políticos. Em Brumado, onde passou o feriado, o comunista se encontrou com o prefeito Aguiberto Dias (PSL), que deverá apoiar a candidatura de Aldenes a deputado estadual.
Na foto, o vereador no meio da folia, entre  o prefeito e o cantor Kokó do Lordão.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ministros aprovaram novas regras eleitorais (Foto TSE).
Ministros aprovaram novas regras eleitorais (Foto TSE).

André Richter | Agência Brasil
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta (27) três resoluções com novas regras para as eleições de outubro. As normas alteraram algumas regras de propaganda eleitoral, registro de candidaturas e arrecadação para as campanhas eleitorais. As medidas foram apresentadas pelo ministro Dias Toffoli, com objetivo de disciplinar as regras para as eleições deste ano.
Com as novas regras, os candidatos não poderão ser identificados por nome relacionados a autarquias ou órgãos públicos, como “Fulano do INSS”, por exemplo. Também ficou definido que os partidos só podem substituir seus candidatos 20 dias antes da eleição. Anteriormente,  o prazo era de 24 horas antes do pleito.
Os ministros decidiram proibir que  candidatos usem serviços de telemarketing para pedir votos aos eleitores.  Com as novas regras, também será obrigatório que a propaganda eleitoral e os debates na TV sejam transmitidos com legenda ou na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para facilitar a compreensão por pessoas com deficiência.
Sobre financiamento, o TSE reafirmou que o candidato só pode financiar sua campanha com recursos próprios com até 50% do próprio patrimônio. No ano passado, ao aprovar outras regras, o TSE decidiu que o voto em trânsito passará a valer nas eleições deste ano nas cidades com mais de 200 mil eleitores. No último pleito, o eleitor podia votar em trânsito apenas nas capitais.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Wagner obtém 28% de aprovação (Foto Pimenta).
O governador da Bahia, Jaques Wagner, revelou ao jornal A TARDE, que vê com simpatia a ideia da chapa governista com uma mulher no posto de vice. No entanto, Wagner ponderou que essa é uma definição que passa pelas lideranças do PP e do PDT, portanto depende de conversas.
Por enquanto, os dois partidos da base aliada apresentaram barbados para o segundo posto da chapa: Mário Negromonte (PP) e Marcelo Nilo (PDT). A escolha de uma mulher, porém, é percebida como estratégica por muitos governistas.
Caso o apelo feminino vença, as opções mais ventiladas são Eliana Boaventura (PP), Alice Portugal (PCdoB) e Andréa Mendonça (PDT).