Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Jaques Wagner (PT) decretou, nesta manhã, situação de emergência em sete cidades da Bahia que tiveram aumento no número de casos de dengue do tipo clássica e hemorrágica. São listados os municípios de Itabuna, Ilhéus, Ipiaú, Irecê, Jacobina, Jequié e Porto Seguro.
Com exceção de Itabuna, todos ficam em estado de alerta por até seis meses, enquanto os órgãos públicos de saúde se mobilizam para conter o avanço do mosquito transmissor da doença, o aedes aegypti.
No caso de Itabuna, a situação de emergência vale por três meses. Desde o dia 17 de fevereiro, um decreto municipal já declarava a situação de emergência. Nesta quarta-feira, foi registrada a 9ª morte na cidade por causa da dengue. A vítima foi a dona-de-casa Cosmira Santos, 27, que deu entrada no Hospital de Base com sintomas graves de dengue hemorrágica e faleceu duas horas depois.
O decreto que declara a situação de emergência nas sete cidades está publicado na edição desta quinta do Diário Oficial do Estado. Na prática, a situação de emergência significa que o poder público municipal perdeu o controle sobre a situação e precisa de ajuda dos governos estadual e federal.
No texto do Diário Oficial, o governador afirma que o avanço da doença exige esforços não apenas da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), como também da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde e da Coordenação de Defesa Civil do Estado (Cordec). 
Leia mais em A Tarde

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.