Tempo de leitura: < 1 minuto

Duas crianças morreram na madrugada deste domingo na UTI do Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, com suspeitas de dengue hemorrágica, segundo a Vigilância Epidemiológica da cidade. Até o dia 6 de março deste ano já foram registrados 2.696 casos no município. Se confirmadas as suspeitas, Itabuna contabilizará a 14ª vítima.
Maria Gabrielle de Jesus Bispo, 6 anos, que residia no município de Floresta Azul, foi internada no Hospital Manoel Novaes na última terça-feira com os sintomas da doença. No atestado de óbito consta dengue hemorrágica.
A outra vítima foi Glória Stefanny Dantas, 7 anos, que faleceu no mesmo hospital. Ela foi internada na última quarta, após apresentar os sintomas da doença e a dengue hemorrágica também foi apontada como a causa da morte.
Amostras do sangue das duas crianças foram encaminhadas para o Laboratório Central de Itabuna e Salvador para a confirmação da suspeita. Em entrevista ao Correio, o secretário de saúde de Itabuna, Antônio Vieira, promete medidas emergenciais para conter a situação.

12 respostas

  1. Gente que medidas são essas? Como eliminar o foco se o povo continua mal-educado e pensando nos seus interesses?

  2. Medidas quando n estiverem mais ninguem VIVO, só pode…
    esse prefeitozim ta d+ …ate agora n mostrou para que veio,
    uma verdadeira decepção e frustação para a politica de itabuna.
    VIERA PEÇA PARA SAIR, vc é uma boa pessoa, mas vc n pode fazer nada pq vice n tem FORÇA,é simplemente uma marionete.

  3. Verdade, Valéria…quando eu disse que mais gente ia morrer pela falta de cuidado do próprio povo, falei pro vento…se cada um não fizer sua parte, educação,higiene,ajudar os bairros mais afastados mesmo que seja por meia hora, colocar o lixo na hora e local de ser recolhido,o próximo vai ser…

  4. Sempre a mesma conversa, será que não ja chega de morte? Será que não ja chega de ouvir o choro de mães e pais? será que vai ser necessario ter uma morte dessa na familia do Secretário ou do prefeito pra que eles possam realmente tomar vergonha na cara e fazer algo que realmente tem que ser feito. Quantas pessoas terão que sofrer pra esses politicos tomarem vergonha na cara e fazer algo, e isso se estende a camara de vereadores, que estão omissos a este caos também, ficam fazendo festinha na camara, me perdoem mulheres, sei que é seu dia, parabens alias, mais será que as mulheres que estão perdendo seus filhos querem saber de festinha ou de atidudes?
    sempre terá tantas perguntas, como diz o grande Gabriel o Pensador, “ATE QUANDO A GENTE VAI LEVANDO PORRADA, ATE QUANDO A GENTE VAI SER SACO DE PANCADA!!!”, ATE QUANDO?

  5. Infelizmente essa epidemia deverá durar, pelo menos, mais um mês, mesmo que se tomem atitudes, pois agora tudo depende de um ciclo do próprio vetor, o mosquito. Claro que medidas irão minorar o problema, mas acabar mesmo, só com o tempo, infelizmente.
    O que se tem de fazer de agoraem diante, é aproveitar a lição duríssima que estamos aprendendo e cuidar para que nos próximos verões a coisa não se repita, …!!!
    Agora não adianta mais culpar Prefeito, candidato, Secretário, o caso é agir e se conscientizar de que ninguém está livre desta verdadeira peste que assola Itabuna e algumas outras cidades, …!!!

  6. Gente perai Itabuna já acumula 14 casos, mais assim a pessoa já vêm da cidade com suspeita da doença ou foi adiquirida aqui? porque não informa que x’s pessoas são de Itabuna e outras y”s são de fora???? ta parecendo que as 14 vítimas são daqui!

  7. A sociedade grapiúna tem que sair de suas casas e fazer uma mobilização GERAL, essa situação está ficando sem controle, inadmissível Itabuna,em pleno século XXI, entrar em estado de calamidade pública por conta da Dengue.
    A sociedade grapiúna não pode aceitar esse descaso!
    Cadê os culpados? Cadê esses assassinos?
    Pior do que a Dengue são esses assassinos LIVRES, IMPUNES!!!
    Aproveitando, gostaria de saber do Pimenta em relação às mortes, quantos realmente são moradores de Itabuna!

  8. isso mesmo Ricardo concordo! não basta só lotar aqui e culpar exatamente aqui, mais pessoal vai ai o disque dengue denuncie 3613-8508 ao site pode publicar ai para ficarmos mais informado… abraços!

  9. O PROBLEMA SEMPRE FOI DE TODOS, ENTÃO VAMOS TODOS AGIR PRA ELIMINAR O MOSQUITO, NAO ADIANTA FICAR PROCURANDO CULPADOS, ESSE OU AQUELE, A VERDADE É QUE NINGUEM TOMOU PROVIDENCIAS, MUITO MENOS A POPULAÇÃO QUE NAO SE CUIDA MESMO. O PROBLEMA NAO É SÓ DO GOVERNO, É MUITO MAIS DO POVO.

  10. Tem coisas que são “engraçadas”:
    Algum tempo atrás eu escrevi sobre esse fato de contabilizar os casos que vêm de outros municípios como sendo de Itabuna e apenas uma comentarista, a Sra. AnaPB, na época, concordou e explicou, com muita propriedade, a situação! Quem pesquisar dentre as notícias mais antigas, encontrará, …!!!
    Houve muita “gente boa dizendo” que eu estava querendo desviar a atenção, favorecer grupos políticos ora no poder, que eu estava dizendo asneiras e “coisas do gênero”.
    Vejo que neste momento muitos já estão com a mesma preocupação, …!!!
    Nada como o tempo para mostrar as coisas às pessoas que, por questões diversas, percebem as coisas em tempos diferentes, …!!!
    O que eu e, acredito, todos nós aqui queremos, é que a tal aepidemia acabe e a paz volte a reinar entre as pessoas, não o pânico.
    Uma coisa, contudo, temos que realçar: As perdas, infelizmente, são irreparáveis e muito dolorosas, …!!!
    Minha solidariedade a todos aqueles que perderam algum ente querido. Espero que este pesadelo acabe o mais rápido possível, para o bem de todos, …!!!

  11. AINDA TEM ALGUMAS PESSOAS DEFENDENDO ESSA TRAJEDIA Q ITABUNA SE ENCONTRA.COM ESSE PREFEITO E A TURMA DE CUMA NO COMANDO. COITADOS ESTAO SOFRENDO CALADOS. CAPAZ ATE DE PEDER VIDAS COMESSA EPIDEMIA DE DENGUE , Q SE ENCONTRA NA NOSSA CIDADE.POIS, ESTES AINDAM VATAM NISSO AI CRUZ- CREDO.DQUIA 4 ANOS RENOVAM DINOVO TALVEZ CUMA E JESUINO VOTAM. ELES ESQUECEM.GRAÇASA DEUS MINHA FAMILIA E EU NAO VOTAMOS NESSE ATRAZO,SOMOS INTELIGENTES E AMAMOS ITABUNA.

  12. Prezados,
    Eu sou uma das vítimas de todo este descaso de nossa saúde pública e liderança política que devemos dizer que realmente merecem passar por uma perda terrível como esta em seus entes para ver se de repente aprendam a respeitar a vida. Mas talvez nem assim se torne um exemplo, pq se voltarmos na história na época da escravatura, quando os senhores perdiam seus entes havia dor e pranto, quando se tratava dos filhos de negros, era nada demais, era lixo. E para nossa realidade é justamente como somos visto: Lixo, coisa qualquer, sem valor que serve apenas para colocá-los no poder e depois suportar a tirania que talvez nem o Saddan Hussen em suas décadas de ditadura superaria.
    Pessoas desqualificadas, descomprometidas, corruptas, desumanas, e que só pessam no seu bem e de sua família…. faturando com a desgraça e com a vida das pessoas, para sustentar seus instintos mais deploráveis.
    Tenho conhecimento que casos como esse vem ocorrendo a mais de 3 anos, e a Prefeitura se omitindo, manipulando dados, e matando pessoas. O “novo” (des)Governo já sabia disso e nada fez, passaram 3 meses de transição e mais 2 meses de governo para se iniciar algo que efetivamente possa surtir algum efeito… mais segue: Hospital de Base sem medicamentos, sem profissionais e abarrotado de pessoas com dengue. A Santa Casa está atendendo mais de 150 pessoas por dia com o vírus; os agentes de combate a dengue tiveram folga de 15 dias no período de natal e ano novo… Os profissionais da Saúde estão com o mês de Dezembro sem receber, e o do mês de novembro só foi recebido apenas no final do mês de janeiro por intermedio de bloqueio de verbas a pedido do Ministério Público Estadual e Ministério do Trabalho. Sumiram da Secretaria de Saúde em 2008 mais de 7 milhões de reais, admitidos pelo próprio ex-secretário de Saúde, Sr. Jesuino, e mais de 10 milhões do Hospital de Base. E até agora se recusa a fazer uma auditoria para punir os culpados. A Prefeitura não vem repassando os recursos para o Santa Casa, o que levou o fim da parceria com o SUS. Somente no final do ano, houve um descredenciamento do município, o qual acabou com a municipalização da saúde em Itabuna, voltando essa a ser administrada pelo Estado (média e alta complexidade), que ainda não conseguiu reoganizar uma tremenda desordem.
    Será que tudo isso que vem acontecendo é por acaso???
    O que nós, principais vítimas desses “caras” estamos fazendo???
    Será que a população ajudou esse estado de coisas???
    A lição que tiro, colegas, é que nós não podemos apenas viver, criar nossos filhos (longe disso), estudar, trabalhar e pagar nossos impostos, como vimos fazendo ao longo dos anos, enquanto em plena crise da saúde no município os administradores fazem carnaval, são joão vem aí…
    Tudo isso que fazemos, é muito pouco, temos que também, atuar na vida social, na política, nos assuntos de interesse da população. Porque se não fazermos isso, para que a administração pública funcione, acabamos pagando muito caro… as vezes e sempre até com a vida dos inocentes…
    Elaine Farias
    Muito revoltada, enlutada pelo meu filhinho George Vinícius!!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.