Tempo de leitura: < 1 minuto

Antes um ferrenho adversário do magnífico reitor da Uesc, Joaquim Bastos, Eduardo Anunciação revelou que está com inveja do professor da universidade estadual sul-baiana. “Vou confessar que, em alguns momentos de fraqueza, tenho inveja (do reitor)“.
Ouça o comentário de Eduardo Anunciação, que diariamente dá molho ao programa O Tabuleiro com o quadro Palavra de Jornalista. Com a ironia mais do que fina, Anunciação alfineta o reitor-turista. “Tá indo agora para a América do Norte, enquanto o restaurante da Uesc está fechado. O mundo é o roteiro, é a pista de dança de Bastos”.
Clique aqui e ouça

3 respostas

  1. Isso é um absurdo. Esse Joaquim Bastos é um irresponsável. Só vive viajando e nada faz pela UESC. Eu sou estudante da UESC, faço Enfermagem, sei que se ele fosse mais ativo, a UESC seria uma Universidade de porte de 1º mundo. É um absurdo o Restaurante Universitário estar fechado, e mais absurdo ainda uma Universidade como a UESC não ter um posto médico, um pequeno posto, um postinho sequer. Agora tem uma tal de Bolsa Permanência que dá 215,00 para 450 estudantes… sendo que esse dinheiro poderia facilmente ser investido em um “bandeijão”, seria bem melhor do que essa merreca para menos de 500 pessoas.
    Joaquim Bastos, seja HOMEM!!

  2. Uma pergunta que não quer calar:
    Será que o Eduardo Anunciação ainda se lembra de quando foi a Brasília na condição de “assessor de CUMA”, …?!?!?!
    Será que foi assessor mesmo ou apenas um “ASPONE”, …?!?!?!
    Leva o “curriculum” e tenta uma vaga de assessor também. Quem sabe, …?!?!?!
    Talvez a inveja possa virar outra coisa, …!!!

  3. Enquanto Joaquim viaja, a vice Adélia deve se ralar um bocado para pôr ordem na UESC inteira. Acho que ela já poderia de fato assumir o cargo de reitora.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.