Tempo de leitura: < 1 minuto

Não é todo ‘caçador’ que pode substituir o cachorro pelo gato, mas há quem não se atente a esse pequeno detalhe. É o caso das agências bancárias.  Com a greve dos vigilantes em toda a Bahia, a agência Bradesco da praça Adami, em Itabuna, resolveu apelar. Contratou os serviços de um policial civil para fazer a guarda do patrimônio. A medida é ilegal. O Sindicato dos Vigilantes de Itabuna apresentou a denúncia à Polícia Federal.
Hoje, as agências não abriram e o atendimento ficou restrito aos caixas eletrônicos. A greve não acaba antes de segunda-feira.

3 respostas

  1. Vou logo adiantando que o recado não é para todos, …!!!
    Mas é bom que esse tipo de coisa aconteça para que alguns “metidos a bostéticos”, que fazem muita pose, “tiram onda” com os clientes, quando estes lhes pedem informações básicas que eles poderiam fornecer (não informações bancárias, é claro). Agora eles estão vendo o “valor” que os banqueiros e sues representantes – gerentes – dão a eles, …!!!
    Em parte – é claro – BEM FEITO, …!!!
    Tu viu, …?!?!?!
    Quanto ao BRADESCO, “trata tão bem” os clientes, que a fila é feita do lado de fora, acabaram com o caixa especial (gerenciado)para clientes especiais, ficando as pessoas submetidas a sol e/ou chuva, do lado de fora da agência, …!!!
    “Esse tamburete é prime, é completo”, …!?!?!?

  2. “A medida é ilegal. O Sindicato dos Vigilantes de Itabuna apresentou a denúncia à Polícia Federal.” SIC.
    O BRADESCO, não é um órgão Federal. Portanto, a Policia Federal não é competente para este caso.
    Apesar dos Bancos não atenderem os clientes, achei que eles estavam mais seguro.Passei por albuns bancos ontem, tinham uns 10 (dez) vigilantes em cada porta do banco.

  3. Amigo Nevilson:
    Apesar do “banco do diabo” não ser órgão federal,ele é sim fiscalizado pela Polícia Federal no que tange ao seu plano de segurança,pois todas as empresas de vigilância patrimonial devem ser registradas na PF,bem como cada agência bancária deve ter um plano de segurança anual,com a respectiva vistoria da comissão da polícia Federal.Fica aí o registro.Abraços à todos.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.