Tempo de leitura: < 1 minuto

A associação de moradores do bairro da Conceição, o mais antigo de Itabuna, está acéfala. No final do ano passado, houve eleição da nova diretoria, que deveria tomar posse no início de 2009, mas o presidente eleito, Fabrício, criou a maior confusão.
Não se sabe se abalado pela crise financeira internacional, a situação política na Tailândia ou o degelo das calotas polares, Fabrício se recusa a tomar posse.  E pela lógica, o cargo deveria ser assumido pelo vice, o policial militar Francisco Aleluia.
O problema é que em eleição de associação de moradores reina uma certa bagunça e o nobre presidente eleito simplesmente resolveu que não quer passar o bastão para o seu vice, mas sim para o candidato que ficou em segundo lugar na eleição do ano passado.
Claro que a ideia é esdrúxula e não pode prosperar. Nos próximos dias, deverá ser publicado um manifesto denunciando a situação aos moradores do bairro, que até o momento não deram pela ausência de presidente na Associação de Moradores.
E não é por alienação. É que não faz falta mesmo.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.