Tempo de leitura: < 1 minuto

A prefeita de Gandu, Irismá Souza, ainda enfrenta assombrações deixadas pelo ex, Manoel Cardoso Dantas. Ontem (15), ela fechou acordo com o Ministério Público e sindicatos, para o pagamento dos salários de dezembro de 2008 e mais o décimo terceiro, que o antecessor deixou no prego.
Pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado, os salários serão quitados em quatro parcelas. Os servidores, que já botavam o prejuízo na conta das frustrações eternas, ficaram felizes. E o promotor público Everardo José Yunes Pinheiro elogiou a atitude do governo.

Uma resposta

  1. Parabéns a Prefeita Irismá e ao promotor de Gandu. O que resta agora é forçar uma ação para que o prefeito mais corrupto que o Gandu já teve devolva os valores que ele juntamente com sua gangue saquearam dos cofres publicos. Assim os moradores da cidade de Gandu poderão comemorar ao ver aquele rapaz atrás das grades que é o seu lugar.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.