Tempo de leitura: < 1 minuto

A gerente de pesquisas e professora do curso de Agronomia da Universidade Estadual de Santa Cruz,  Solange França, é mais uma vítima da truculência com que habitantes do chamado Terceiro Mundo são recebidos pelas autoridades da Europa, numa onda de xenofobia que só tende a aumentar com a crise econômica que ceifa milhões de empregos em todo o planeta.
Solange, que não tem o perfil de imigrante ilegal, foi barrada ao desembarcar no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris. Estava com a documentação em ordem, comprovação de local de hospedagem e dinheiro suficiente para suas despesas,  mas foi tratada de maneira grosseira pelos policiais e  ficou presa numa sala  sem ventilação.  Sem poder se comunicar com amigos e sem conseguir fazer contato com a embaixada brasileira, se viu diante de duas opções: permanecer presa ou ser deportada para o Brasil.
Leia mais no Blog do Thame.

Uma resposta

  1. Zelão Diz: – Isso é coisa desse povo de “olhos azuis”
    O Presidente Lula, denominado “O Cara”, provocou a ira dos europeus, a atribuir a eles e aos norte americanos, a culpa pela crise financeira internacional, ao afirmar que os povos africanos, sul-americanos e asiaticos não poderiam pagar pela incúria dos “brancos de olhos azuis”. A retaliação já começou.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.