Tempo de leitura: < 1 minuto

CDC já formou 300 em Ilhéus
CDC já formou 300 em Ilhéus

O CDC se tornou a abreviatura dos antigos Infocentros, que hoje se chamam Centros Digitais de Cidadania. A denominação fala mais sobre a ideia e os objetivos do programa de inclusão digital, desenvolvido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do governo do Estado.
Em Ilhéus, há dois centros instalados, ambos por solicitação da deputada Ângela Sousa (PSC), que reivindica a implantação de novas unidades no município e em outras localidades da Bahia, a exemplo de Una, Canavieiras e Santa Cruz da Vitória.
Neste mês, o CDC instalado no Instituto Nossa Senhora da Piedade formou 180 pessoas em cursos de informática básica, internet e edição eletrônica de textos. No total, desde a instalação há seis meses, foram emitidos 300 certificados.
Ângela acredita que o programa cumpre uma importante função social, ao permitir que jovens de baixa renda não apenas tenham acesso, como também aprendam a usar o computador como ferramenta de trabalho. No CDC da Piedade, estudam gratuitamente alunos de de áreas carentes de Ilhéus, como Vila Nazaré, Alto da Conquista, comunidade indígena do Acuípe e Baixa Fria.

Uma resposta

  1. A Deputada só errou quando não investiu em divulgações dos curso para que O POVO ilheense participasse, pq até onde eu sei, poucas pessoas e ainda do tempo da política a prefeito estão participando desses cursos. E a outra grande maioria dos eleitores que votaram pro filho dela, pq não estão sabendo desses cursos? Fica ai a pergunta.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.